sexta-feira, 8 de janeiro de 2021

EPA ! NOVA TEMPORADA



Um amigo do "Viver é Perigoso" informou que o ex-vereador Renato Nascimento, citado no post anterior, estaria voltando para a Câmara Municipal. Desta vez como Diretor Legislativo, no lugar do Luiz Gonzaga, que lá atuava há tempos.

Para a diretoria administrativa seria nomeado o Sr. Carlos Eduardo Pereira, que substituiria a Sra. Suely Lorena.

O presidente Robson Vaz deve estar promovendo outras mudanças, claro, com o apoio direto dos vereadores Silvestre e Melo. 

Muita calma nessa hora. Ninguém do time ficará a ver navios. Veremos.

É a vida...

Viver é Perigoso 

ÊPA !


Deu no Diário Oficial do Município de Itajubá, no dia 04/01, a nomeação do ex-vereador e líder do governo anterior, Renato Moraes, como coordenador de defesa civil.

Hoje, 08/01, foi publicada a Portaria 053/2021, exonerando o Renato Moraes do cargo e também publicada a 054/2021, nomeando para a assessoria da mesma Secretaria o Sr. Marcos Pereira de Paula (Sgto Pereira).

Sei não...mas até o final do dia será explicada a passagem rápida pelo cargo.

Viver é Perigoso

TOMOU O BARCO


Há alguns anos, numa passagem a trabalho em São Paulo, fiquei sabendo que um grande amigo de Itajubá estava internado no Hospital Dante Pazzanese. Fui até lá. A situação do enfermo era complicada. Visitas proibidas. Informações incompletas na recepção. Ninguém da família naquele momento.

Fiquei preocupado. Um jovem médico que ouviu minha conversa na recepção, me chamou até uma saleta e disse: O Senhor tem cara de médico. Vista esse jaleco, carregue essa prancheta e vá até a UTI no andar tal onde está o seu amigo. Assim o fiz, cruzando no elevador e corredores com vários "colegas".

No quarto haviam umas seis pessoas internadas e ligadas a aparelhos. Localizei o meu amigo no último leito encostado na parede. Postei-me em pé e passei a observá-lo em silêncio, curtindo toda a admiração e respeito que tinha por ele.

Em alguns minutos, o amigo abriu lentamente os olhos, fitando-me com natural desânimo. Abaixei-me um pouco e lhe disse:

- O Senhor que tome cuidado e não abuse mais dos deliciosos salgadinhos do Vadinho.

Ele ouviu, assustou-se, prestou atenção e me reconhecendo esboçou um largo sorriso. Com todo o cuidado, face aos tubos e fios ligados, demos um inesquecível abraço, com ele murmurando o apelido pelo qual sempre me chamou: Camarada !

Na sequência, foi transferido para o Sírio Libanês, onde se recuperou.

Doravante, em todos os nossos encontros esporádicos pela cidade, trocávamos um abraço afetuoso e o tradicional cumprimento: Camarada. Os seu olhos e muitas vezes os meus, marejavam de lágrimas.

Hoje recebo a triste notícia que o meu amigo querido, homem de bem, figura impar na sociedade itajubense, tomou o barco.

Vá com Deus, Camarada Jean Mohallem.

Viver é Perigoso

POR POUCO

                                             Ponte que ligava Minas Gerais e São Paulo  

Fiquei sabendo que quase casei com uma paulista. A Sonia morava no bairro da Avenida.

Explico:

No dia 12 de outubro de de 1765, portanto, há exatamente 256 anos, o Vice-Rei Conde da Cunha, acompanhado por diversas autoridades, assinou um "Termo", segundo o qual toda a região da margem esquerda do Rio Sapucaí se anexaria à Província de São Paulo. Mais tarde, por decisão do próprio Conde da Cunha, foi cancelado.

Por pouco, ou por muito, Os bairros de São Sebastião, N.S. de Fátima, Avenida e tantos outros, situados na margem esquerda do Sapucaí, pertenceriam ao Estado de São Paulo.

A Boa Vista, é claro, não saiu de Minas Gerais, sequer nos "Termos" ou "Assentos".

Sem o cancelamento do Termo, hoje o pessoal da margem esquerda teria a vacina já garantida.

Em tempo, António Álvares da Cunha, nascido em Lisboa em 1700, foi um administrador colonial português. O título de Conde da Cunha foi-lhe dado de juro e herdade por D. José por carta de 14 de Março de 1760. Foi o primeiro vice-rei do Brasil a ter sede no Rio de Janeiro (antes era em Salvador).

Viver é Perigoso

MOMENTOS MÁGICOS


Viver é Perigoso

 

ESTRANHO SILÊNCIO

 


Hoje já é oito de janeiro. O que aconteceu com o site da nossa Escola ? Aparentemente congelado deste o final da antiga Administração. Nada para informar ou comentar sobre as perspectivas para 2021 ? mudanças ?

Viver é Perigoso  

SEM PALAVRAS


 Viver é Perigoso

SEI NÃO...MELHOR PREVINIR DO QUE REMEDIAR


A Prefeitura de Guaxupé decretou quarentena de dez dias no município. A decisão foi publicada ontem (7) no site prefeitura. O decreto começa a valer neste sábado (9). 

Guaxupé é o primeiro município da região a voltar a decretar estado de quarentena devido à pandemia de Covid-19.

O novo decreto proíbe reuniões em igrejas, templos e entidades religiosas. Também está proibido o funcionamento do comércio e prestação de serviços, com exceção dos serviços essenciais. Restaurantes e empresas do gênero alimentício, com exceção dos bares, poderão funcionar por meio de entrega local ou delivery. O consumo no local não será permitido.

O comércio de ambulantes não residentes no município também está proibido, assim como a exposição de produtos e uso de mesas e cadeiras nas calçadas. O decreto também proíbe a aglomeração e permanência da população em praças e locais públicos. Em velórios está permitido a permanência de 10 pessoas simultâneas e com duração máxima de 4h.

Dentre os serviços que continuarão em funcionamento estão os hospitais e clínicas médicas e veterinárias, farmácias, transporte coletivo, transportadoras, empresas de comunicação, supermercados, açougues, padarias e deliveries. Os serviços de limpeza pública e privada, bancos, hotéis ou pousadas, postos de combustíveis, construção civil e industrias também poderão continuar em funcionamento.

Viver é Perigoso

FALOU E DISSE !


"Não há nenhum pensamento importante que a burrice não saiba usar, ela é móvel para todos os lados e pode vestir todos os trajes da verdade. A verdade, porém, tem apenas um vestido de cada vez e só um caminho, e está sempre em desvantagem“

Robert Musil

Viver é Perigoso

JUÍZO MOÇADA !


As fake news de Donald Trump estão suspensas. As redes sociais Facebook e Instagram bloquearam indefinidamente as contas do atual presidente dos Estados Unidos. Não são as únicas: Twitter também o fez temporariamente, assim como o Twitch.

Escreveu hoje no Estadão, Pedro Doria: 

"Donald Trump se elegeu com as redes sociais, explorando uma teia de notícias falsas, espalhando mentiras, incitando ódio racial. Aproveitou-se para insuflar os medos mais profundos dos eleitores, ampliar a distância entre grupos sociais, reforçar o instinto tribal. Ao invés de unir, Donald Trump é um político cuja marca é a divisão. Governou cada dia de seu mandato atacando os adversários como se fossem inimigos. Foi através das redes sociais que Trump convocou a Washington sua turba mais radical. O que aconteceu quarta-feira não foi um acidente, não intepestivo, não foi inesperado. Foi construído lentamente, ao longo de quatro anos. Com mentiras que por um lado estimularam ódio contra adversários políticos e , por outro, boicotaram entre os mais crédulos sua confiança no sistema eleitoral."

Blog: Por aqui não tem acontecido diferente.

Viver é Perigoso