terça-feira, 20 de abril de 2021

VV - VÊNUS E A VACINA



Já nos encontramos. A Vênus e a vacina. 

Como do conhecimento geral, a Vênus de Milo pertence ao acervo do Museu do Louvre - Paris. É descrita como uma representação de Vênus, deusa da beleza e do amor.

É hoje uma das estátuas antigas mais conhecidas do mundo. Segundo a versão mais popular, a descoberta teve lugar em abril de 1820, na ilha de Milo. Algumas fontes narram que foi o camponês Yorgos Kentrotas que achou a estátua, enquanto procurava pedras para a construção de um muro.

Um homem da marinha francesa que estava no local teria visto a peça e reconhecido seu valor histórico e artístico, comprando a Vênus aos nativos. A estátua foi levada para França e oferecida ao rei Luís XVIII, sendo posteriormente exposta no Museu do Louvre e muito promovida perante o público.

A obra foi identificada como pertencente ao período clássico, o mais prestigiado na época (480 a.C. - 400 a.C.). Sua autoria era atribuída ao ilustre círculo de Praxíteles.

Viver é Perigoso

Nenhum comentário: