terça-feira, 6 de abril de 2021

ALGUMA COISA


Aqui pensando na frase do George Harrison (Beatles) - "Tudo pode esperar menos a busca de Deus"

Tempos complicados. 

Sobre música. Questão, se me permitem, de "achamento". 

Meu Beatles favorito sempre foi o George Harrison e a música mais linda que conheço é dele. Something.

Frank Sinatra certa a chamou de "a maior canção de amor já escrita".

Sempre se pressumiu que ele a tenha escrito pensando na sua mulher Patricia Anne "Pattie" Boyd. Em entrevista, George declarou: Não foi para ela. No entanto, Pattie (ex-modelo que se tornou fotógrafa profissional de sucesso), ainda acredita ser a inspiração. "Ele sempre me disse que era sobre mim", ela conta.

Harrison declarou que compôs a música pensando em Ray Charles cantando. 

Uma coisa é certa: Teve a inspiração de uma música do James Taylor intitulada "Something In The Way She Moves".

Pattie, que também foi casada com Eric Clapton, inspirou certamente Layla e Wonderful Tonight do grande guitarrista de blues.

Interessante: primeiro, George ofereceu "Something" para Joe Cocker e Jackie Lomax, mas em maio de 1969, decidiu gravá-la com os Beatles para o disco Abbey Road .

"Something' foi um sucesso para Harrison e ela se tornou a segunda canção mais regravada dos Beatles, depois de "Yesterday".

Sobre músicas bonitas, certa vez, Chico Buarque declarou que "Everytime we say goodbye, obra prima de Cole Porter, de 1944, seria a música mais bonita do mundo, em todos os tempos.

Em tempos, em termos de Brasil, para mim, a música mais bonita de todos os tempos é "Carinhoso", composta por Pixinguinha em 1916/1917 e com letra do João de Barro, de 1937.

Difícil não ter admiração, ou ojeriza, por uma música sem ligá-las a momentos. Sem dúvida existe influência profunda.

Mas gosto e lembranças são de cada um e acreditem, para alguns, a Marcha Nupcial de Mendelssonhn, continua sendo a música mais bonita do mundo.

Viver é Perigoso

2 comentários:

Anônimo disse...

onde tem governo
onde não tem
jovem de 23 anos é vacinada contra Covid nos EUA
antes do pai que tem 62 anos
e vive no Brasil
é do grupo de risco
Ariela Momesso Espelho Prado
foi vacinada em Springville,
no Condado de Utah, nos Estados Unidos
os pais dela são moradores de Sorocaba (SP)
e ainda não receberam a primeira dose.

Anônimo disse...

MG 500 mortos num só dia 13.350 casos. Enquanto isso vacinamos menos do que a média nacional e atrás do AM, MS, CE, RS, BA e SP. Apesar da ´propaganda.
Vejam que pg bonita em https://vacinaminas.mg.gov.br/