terça-feira, 30 de março de 2021

TOMOU O BARCO


Tomou o barco hoje em São Paulo, aos 72 anos, o psicanalista, escritor e dramaturgo Contardo Calligaris .

Nascido em Milão, na Itália, em 2 de junho de 1948, Contardo teve o primeiro contato com o Brasil, em 1986, quando veio ao país dar palestras sobre seu primeiro livro de psicanálise, "Hipótese sobre o fantasma". Aqui se casou e, por um período, se dividiu entre os dois países, para depois se mudar de vez para o Brasil.

O psicanalista estava internado no Hospital Albert Einstein, na Zona Sul de São Paulo, e fazia tratamento contra um câncer.

Localizei dentro de um caderno um escrito do Contardo Calligaris, recortado em 2011 de um jornal. Interessante e indagador, do qual tomei a liberdade de resumir:

"Pentimento é a palavra italiana para arrependimento, mas designa (em muitas línguas) uma pintura, um desenho ou um esboço encoberto pela versão final de um quadro.
Às vezes, com o passar do tempo, a tinta deixa transparecer uma composição em cima da qual o artista pintou uma nova versão. Esses esboços ou pinturas, que o artista rejeitou e encobriu, são os pentimentos, que foram descartados sem ser propriamente apagados.

Visível ou não, o pentimento faz parte do quadro, assim como fazem parte da nossa vida muitas tentações e muitos projetos dos quais desistimos. São restos do passado que, escondidos e não apagados, transparecem no presente, como potencialidades que não foram realizadas, mas que, mesmo assim, integram a nossa história.

Nossas vidas são abarrotadas de caminhos que deixamos de pegar; são todos pentimentos, mais ou menos encobertos: histórias que não se realizaram. Por que não se realizaram? Em geral, pensamos que nos faltou a coragem: não soubemos renunciar às coisas das quais era necessário abdicar para que outras escolhas tivessem uma chance. E é verdade que, quase sempre, desistimos de desejos, paixões e sonhos porque custamos a aceitar que nada se realiza sem perdas: por não querermos perder nada, acabamos perdendo tudo."

Viver é Perigoso

Nenhum comentário: