terça-feira, 2 de março de 2021

NADA DE "NOVO"


Deu no jornal "Estado de Minas"

O Governador Romeu Zema vai se encontrar com Bolsonaro em um almoço regado à linguiça mineira e com sorvete de queijo e pé de moleque como sobremesas, a partir das 12h. 

A organização ficou por conta do deputado federal Fábio Ramalho (MDB-MG), conhecido por fazer recepções a mineiros no Distrito Federal. 

Outros políticos do Estado, como a deputada federal Greyce Elias (Avante-MG), também estarão presentes no encontro.

Afirmou o Deputado Ramalho:

“É um almoço no Palácio (do Planalto), com a expectativa de manter uma convivência melhor e uma relação melhor. É um momento de diálogo, não é um momento de conflito”

Blog: Então tá bão ! Enquanto isso...

Viver é Perigoso

4 comentários:

Anônimo disse...

O Novo é uma decepção gigantesca para quem acreditou neles. É o partido mais fiel a Bolsonaro. Votou inteiro a favor do deputado preso e Zema ta fazendo Minas esperar ações do Governo Federal na pandemia, enquanto outros estados estão se virando. Que tragédia!

Anônimo disse...

PA ocupação 96%, 83% 136 novos casos.

Anônimo disse...

Tem coisa NOVA noutro front, nos States onde tem PRESIDENTE e LÍDER. Conseguiu um acordo com as eternas inimigas comercias e concorrentes Merck & Co e Johnson & Johnson para a ajuda da 1ª na fabricação da vacina da 2ª. Com isso Biden afirma que até maio poderá vacinar TODOS, repito TODOS os adultos americanos ou 250 milhões de pessoas. Enquanto que aqui só se joga no negacionismo, contra a ciência, o bom senso,no confronto, na aposta de medicamentos que não funcionam.Não é de chorar? Principalmente com os números de hoje.
Mas como se diz na política quem não ocupa os espaços os veem ocupados por outros. O vácuo do poder não perdoa graças a Deus. Nesse sentido o até então inexpressivo Artur Lira parece um estadista. Observador de Cena

Anônimo disse...

https://www.em.com.br/app/colunistas/ricardo-kertzman/2021/03/04/interna_ricardo_kertzman,1243124/bolsonaro-zema-e-o-torresmo-da-vergonha.shtml