segunda-feira, 29 de março de 2021

EM BRASÍLIA...

 

Viver é Perigoso

Um comentário:

Anônimo disse...

Depois das barbeiragens na pandemia, na economia e negacionismos acho que Bolsonaro está tentando, com as trocas, os últimos recursos para sobreviver e chegar razoavelmente em 22. Trazer o centrão para dentro do Palácio com a deputada Flávia agradando o Lira e remover os comandantes que querem as forças armadas longe do governo e da política. Tenta manter o tripé: Centrão, Forças Armadas e Forças policiais, mais o bolsonarismo raiz no eleitorado. A questão da politização das forças armadas é o que mais preocupa. Conhecemos já esse enredo. Já tinha e ainda têm muitos militares da reserva e da ativa no governo. Observador de Cena