domingo, 7 de março de 2021

CONSIDERANDO A ATUALIDADE, UM POUCO DE AMENIDADE


Édipo era príncipe de Corinto e filho de Pólibo e Periboeia — ou, pelo menos, era isso o que ele pensava. Um dia, o príncipe visitou o oráculo de Delfos com a inocente intenção de conhecer seu futuro. Mas o que ouviu dos lábios da pitonisa, no templo de Apolo, foi a promessa de um pesadelo: “Você matará seu pai e casará com a própria mãe”.

Horrorizado, Édipo fugiu de Corinto. Decidiu afastar-se o o máximo possível de Pólibo e Periboeia, para que a profecia jamais se cumprisse. O que Édipo não imaginava é que aqueles eram apenas seus pais adotivos: eles o haviam encontrado quando ainda era bebê abandonado em um cesto no mar.

... Creonte, o então poderoso de Tebas, decretou que Polinices, filho de Édipo, não poderia ser sepultado na cidade, por considerá-lo traidor. Seu cadáver deveria de ser exposto às intempéries e à ação doa cães e das aves carniceiras. Antigona, irmã de Poliníces, rebelou-se contra essa determinação "desumana e contrária aos deuses". Em segredo, recobriu o cadáver do irmão com a veste dos mortos e o sepultou de acordo com os rituais sagrados. 

Por sua insubordinação foi condenada à morte. Mas as consequências vieram a galope. Creonte e sua família foram castigados pelos deuses.

... Na Ilíada, de Homero, Agamenon, o comandante grego, se submete a sacrificar sua filha Ifigênia para obter ventos favoráveis para a frota paralisada nas areias de Aulis. Os castigos se sucederam. De volta vitorioso a Micenas e em vingança pelo assassinato de Ifigênia, Agamenon foi decapitado a machado por sua mulher Clitemnestra. Anos depois, o filho de ambos, Orestes, vinga a morte do pai e elimina a mãe.

... Medeia, que era a neta do Sol e a favorita das trevas vivia com Jasão, e já tivera com ele dois filhos, Mêrmeros e Feres. Viviam em Corinto, onde o rei da cidade, Creonte, que era seu amigo, lhe ofereceu a mão de sua filha Creúsa e um posto no governo da cidade. Jasão ainda amava Medeia, mas sua ambição política foi maior. 

Jasão decidiu que era tempo de se separar de sua companheira e ordenou que Medeia fosse embora e renegou os próprios filhos.

Medeia fingiu aceitar a rejeição: mostrou-se dócil e chegou a oferecer a Creúsa um belo vestido de casamento. No dia do casamento, ao colocar o vestido sobre o corpo, Creúsa soltou um grito de horror: o tecido grudou-se em sua pele e se transformou em fogo.

Horrorizado, Jasão viu a noiva se transformar em uma chama viva. De espada desembainhada, correu até a casa onde Medeia vivia com os filhos. Mas, ao chegar lá, deparou-se com Medeia coberta de sangue e segurando nos braços os corpos degolados de Mêrmeros e Feres — que ela mesma havia matado. 

Viver é Perigoso

Um comentário:

Anônimo disse...

Amenidades a brasileira, pq hoje é domingo.
Sabe como está sendo conhecida a recente mansão adquirida em Brasília? A fantástica Casa de Chocolate.
Vai ter que passar por reformas, está cheia de rachadinhas.
Foi comprada já visando a possível prisão domiciliar.
Sobre o acidente aéreo na Bahia, o que o Pazuello tava fazendo na pista?
Não era o Bolsonaro? Não, ele tava noutro lugar dando coices nos governadores.
Presidente vai tomar vacina? CLORO QUINÃO!
"Vão chorar até quando"? Até quando você for presidente!
O Brasil não pode parar! De bater panelas.
Jacaré não quer tomar vacina com medo de virar Bolsonaro.
José Simão vacinado: se eu virar jacaré vou mastigar o mito.