quinta-feira, 11 de março de 2021

CARTA QUE RECEBI

Itajubá,11 de março de 2021

Referência : Personalidade Marcante

Caro amigo Zezinho, 

Você definiu bem esse pequeno grande homem, que tem um coração maior do que ele, amigo de verdade, que não "injeita" uma briga por causa dos amigos. 
Quando você citou a tesoura voadora eu me lembrei de um fato que aconteceu em Santos, nos anos 70, e vou contar essa história como uma singela homenagem ao aniversariante. 
Eu, Virgílio e mais alguns amigos estávamos curtindo uma praia na cidade de Santos e fomos para um boteco tomar umas biritas e saborear uns tira-gostos. 
Não me lembro porque e nem quem começou uma confusão entre o nosso grupo e um outro grupo de santistas sentados numa outra mesa. Quando a discussão esquentou nós estávamos cercados pelo grupo adversário que, certamente, pela quantidade e pelo físico deles nos levariam a nocaute rapidamente. Então a estratégia foi "bater em retirada", mas depois de alguma distância demos falta do Virgílio. 
Ao olharmos para trás vimos o nosso Hulk com as suas sandálias havaianas enfiadas entre os dedos das mãos num bate boca feroz com os gorilas santistas. 
Voltamos com a árdua tarefa de acalma-lo e convence-lo a desistir do combate. 
Demorou um pouco mas conseguimos convence-lo, graças a DEUS, senão não estaríamos aqui hoje contando essa história. 
Parabéns Vivi!!! 
DEUS lhe dê saúde e paz, hoje e sempre, e muitos anos de vida. 

Abraço. 

Chico Marques.

Viver é Perigoso

Um comentário:

wartão disse...

Esse é o grande Virgilinho que eu conheço!!!