terça-feira, 23 de fevereiro de 2021

PRIMEIRO OS MEUS


  
O líder do governo na Câmara, Ricardo Barros, ressuscitou um tema polêmico e defendeu a contratação de parentes de políticos para cargos públicos. Proibido pelo Supremo Tribunal Federal por violar o princípio constitucional da impessoalidade na administração, o nepotismo vem sendo questionado em várias frentes.

Então, completou o bolsonarista do centrão, deputado Ricardo Barros:  

“Só porque a pessoa é parente, então, é pior do que outro? O cara não pode ser onerado por ser parente. Se a pessoa está no cargo para o qual tem qualificação profissional, é formada e pode desempenhar bem, qual é o problema ?”

Viver é Perigoso

Um comentário:

Anônimo disse...

Ta certo, aos amigos tudo aos inimigos a lei, simples.