segunda-feira, 8 de fevereiro de 2021

MENINOS EU VI !


Caminhando, estava me aproximando para atravessar a Rua Dona Maria Carneiro, no cruzamento com a Rua Miguel Braga. Bem no centro da Boa Vista, é claro.

Foi quando atentei para uma figura impar que na beira da calçada, em frente ao Hotel Bramig, ou melhor, em frente ao Bazar Fukaiama, estava a postos para também atravessar a importante avenida, indo em direção ao Café Hélio.

Camisa azul bebê, possivelmente "Volta ao Mundo", mangas compridas com duas dobras. Calça de linho marrom pinhão. largona e com barras. Sapatos tipo 2x1 (goiabada/marmelada), em duas tonalidades marrom. A cinta, também marrom, segurava a calça, mais ou menos, um palmo acima do umbigo.

Até aí tudo bem.

Foi quando o Lord (vamos tratá-lo assim), sacou do bolso traseiro um pente tipo "flamengo", daqueles inquebráveis. Com gestos medidos, penteou a lateral esquerda dos cabelos grisalhos, com dois caprichados repasses, repetindo a operação na lateral direita. Deu uma passada de dedos no pente e penteou a área central, com uma única viagem, apenas dando uma chacoalhadinha no topete.

Guardou o pente com capricho, como estivesse recolhendo uma espada. Deu uma olhada nobre para os dois lados do trânsito e avançou.

Fiquei estático e pensando: será que não estou sonhando ?

Em tempo, o Lord portava uma máscara branca com filetes das cores vermelha, azul e amarela.

Viver é Perigoso

Nenhum comentário: