sábado, 23 de janeiro de 2021

HELP !

 

Viver é Perigoso

4 comentários:

Anônimo disse...

Está aí a confirmação:
O governo federal divulgou uma nota neste sábado (23), por meio do Ministério da Saúde, em que reconhece ter recusado tentativas iniciais da Pfizer de avançar nas negociações sobre a oferta de vacinas e diz que um acordo com a empresa "causaria frustração em todos os brasileiros". O motivo seria o fato de que empresa, que desenvolveu uma vacina em conjunto com a BioNTech, previa entrega de 2 milhões de doses no primeiro trimestre, "número considerado insuficiente pelo Brasil".
2 milhões naquela época eram insuficiente agora fazemos festa no recebimento da mesma quantia da vacina inglesa.
Sobre a vacinação alguém consegue entender a posição presidencial de sempre falar contra? As crises sanitária e econômica só serão debeladas com a vacinação. Não há outro caminho. Então por que ele se posicionar contra? Levantaram que seria burrice mesmo. Antevejo uma outra possibilidade: transtorno bipolar. Um Bolsonaro que assina medida provisória liberando 2 bilhões para compra de vacinas e outro Bolsonaro que fala contra. Só pode. Observador de Cena

Anônimo disse...

Completando: “Vocês sabem o que é a quarta onda? Talvez não saibam. É o choque no emocional das pessoas. É a depressão, a automutilação, o suicídio, todos causados pela queda da capacidade de manter a sua própria família e de se manter. Essa é a quarta onda de uma pandemia. Se a economia quebrar, nós vamos estar acelerando a quarta onda”. Gen. Passuelo.
Devia recitar esse "versos" todo dia de manhã para o seu chefe.
Observador de Cena

Anônimo disse...

Discordância só um pouquinho com o 10:18. Existem realmente 2 presidentes e ele não é bipolar.Um do diário oficial e outro das ditas redes sociais louco para manter seus cegos seguidores e apoiadores principalmente aqueles que se aglomeram diariamente naquele curralzinho perto do Palácio.

Anônimo disse...

https://www1.folha.uol.com.br/colunas/helioschwartsman/2021/01/bolsonaro-e-louco.shtml