quarta-feira, 25 de novembro de 2020

SOB A LUZ DE VELAS



Ontem não fui solicitado
como gostaria de ser.
Ninguém me pediu conselhos,
ninguém fez caso
de minhas opiniões –
até pareceu que o mundo
e as pessoas poderiam viver
bem melhor sem mim.
Sensação terrível, SENHOR.
E pensar que já passei
dias e meses da minha vida
infligindo idêntico
tratamento a ti…

Jamil Snege

Viver é Perigoso

TOMOU O BARCO

 


Viver é Perigoso

NAVIO DA MORTE - II




O Demerara partiu de Santos direto a Montevidéu. Quem levou a doença (espanhola) para o Sul do Brasil foi um navio de nome muito familiar para nós. O Vapor Itajubá, que levava o nome em homenagem da terra natal do presidente, foi o responsável por levar a gripe espanhola para o Sul do Brasil.
Em Florianópolis, a gripe chegou em 6 de outubro de 1918. Veio a bordo do navio Itajubá, com 38 doentes contaminados pelo terrível vírus. No mesmo Itajubá ou em outros navios, a gripe desembarcou também em São Francisco, Itajaí e Laguna. Depois, o navio chegou ao Rio Grande do Sul, quando os 38 tripulantes desembarcaram. 
Em poucas semanas, mais de mil pessoas morreram na capital gaúcha.

Marco Antonio Gonçalves

Viver é Perigoso

UMAS E OUTRAS

 

Viver é Perigoso