terça-feira, 13 de outubro de 2020

LIVRO, PRESENTE DE AMIGO

Depois de uma série de leituras densas, uma tentativa de amainar as coisas com uma leitura diferente.

Interessante "O Fio da Trama", uma reconstrução biográfica de três gerações da família Pascolato, como todos sabem, bastante envolvida com a moda brasileira e mundial.

Começa na 2ª Guerra Mundial, com Gabriella Pascolato e seu marido Miki, que foi alto funcionário do governo fascista Mussolini.

Fala da vinda da família para o Brasil em 1945, com filhos e a filha que se tornou famosa: Costanza Pascolato.

Tratam de São Paulo, Nova York, Veneza, Florença, Roma, Paris, com muita facilidade. Pessoal bonito e dá pá virada, em seus relacionamentos e negócios.

Foi escrito pelas netas de Gabriella e filhas da Costanza, Alessandra e Consuelo Blocker. 

Busquei o livro por ter, digamos assim, uma certa curiosidade sobre a Costanza Pascolato e seu envolvimento com a moda. Relacionamentos tumultuados.

Dá para ter uma boa ideia sobre uma época. Caberia um filme. E não seria comédia.

Editora Tordesilhas - 508 páginas e muitas fotografias.

Viver é Perigoso 

JUÍZO MOÇADA !

 

Viver é Perigoso

É A VIDA...



Quem tentou viver
Assim que nem você
Trocou o sim
Por causa de um talvez

Sem ter ninguém
E sem um pouco mais
Que uma tristeza

Por algumas folhas de melancolia
Você fechou o livro que se abria
E acreditou que tudo tinha fim

Mas todo lilás
Tudo que faz viver
Não cessará
Não cessará jamais
De se abrigar nos corações que se amam
Se amam, se amam, se amam

Céu que vai mudar
Que vai mudar o céu
Até jorrar
Até jorrar o mel
O amor será
O amor trará canções
Mais uma vez aos nossos corações

Viver é Perigoso

MOÇA BONITA



Patrícia Vasconcelos nasceu em Itajubá em 1978. Iniciou a carreira na Rádio Panorama FM aos 10 anos de idade. Cursou jornalismo na Universidade Federal de Juiz de Fora. 

Enquanto cursava a faculdade trabalhou nas rádios Itatiaia FM e Transamérica FM. Seu primeiro trabalho em TV foi em Governador Valadares na afiliada da rede Globo. Seis meses depois, Patrícia Vasconcellos se mudou para Belo Horizonte onde trabalhou na Globo Minas, apresentando os telejornais MG TV 1ª edição e MG TV 2ª edição. Apresentou também os programas Bom dia Minas, Globo Horizonte e na GloboNews apresentou o programa de entrevistas Almanaque.

Patrícia fez mestrado na Inglaterra e para concluir o curso foi à Palestina onde produziu dois documentários. Surgiu então a vontade de ser correspondente e viajar o mundo. Pediu demissão da rede Globo e partiu em busca da realização do sonho.

Em Dezembro de 2007 passou a integrar a equipe de repórteres do SBT no telejornal SBT Brasil e no programa SBT Repórter. Até 2018, foi correspondente do SBT na América Latina, sediada em Buenos Aires, na Argentina. Fez breve estadia em Brasília e atualmente é correspondente do SBT nos Estados Unidos.

Patrícia Vasconcellos é filha do radialista Francisco Vasconcellos, fundador da Rádio Panorama FM e Arlete Vasconcellos.

Viver é Perigoso

EX - DOUTOR LULA


O Tribunal de Justiça de Alagoas anulou o ato administrativo que deu ao ex-presidente e ex-presidiário Lula (PT), condenado duas vezes por corrupção e lavagem de dinheiro, o título de “doutor honoris causa” da Uneal (Universidade Estadual de Alagoas).

O título foi entregue em 2017 pelo então reitor, Jairo Campos, militante do PCdoB, num dos fatos que mais constrangeram os alagoanos. Oito meses depois, o petista seria preso por ladroagem.

O título foi aprovado em março de 2012, mas o ex-presidente só agendou sua ida a Arapiraca para receber a honraria cinco anos depois de concedida, durante sua “caravana pelo Nordeste.

Em sua decisão, o juiz Carlos Bruno de Oliveira Ramos, da 4ª Vara Cível de Arapiraca, afirma que “Não é razoável, nem atende à moralidade administrativa conceder honraria a alguém condenado judicialmente e que ainda responde a outras ações penais”.

Diário do Poder

Viver é Perigoso

INACREDITÁVEL


 Viver é Perigoso