segunda-feira, 21 de setembro de 2020

SIMPLESMENTE RITA


Viver é Perigoso

O MEDO DA INTELIGÊNCIA *


Comentário de colaborador do Blog. Dentro do tema, começo a crer que se manter anônimo nos comentários é sinal de inteligência.

O artigo que se segue tem mais de 25 anos. Foi escrito no extinto Jornal da Bahia (Brasil), em 1979. Mas parece que foi redigido hoje. O autor é José Alberto Gueiros.

Quando Winston Churchill, ainda jovem, acabou de pronunciar o seu discurso de estreia na Câmara dos Comuns, foi perguntar a um velho parlamentar, amigo de seu pai, o que tinha achado do seu primeiro desempenho naquela assembleia de vedetas políticas. O velho pôs a mão no ombro de Churchill e disse, em tom paternal: "Meu jovem, você cometeu um grande erro. Foi muito brilhante neste seu primeiro discurso na Casa. Isso é imperdoável. Devia ter começado um pouco mais na sombra. Devia ter gaguejado um pouco. Com a inteligência que demonstrou hoje, deve ter conquistado, no mínimo, uns trinta inimigos. O talento assusta."

E ali estava uma das melhores lições de abismo que um velho sábio pode dar ao pupilo que se inicia numa carreira difícil. A maior parte das pessoas encasteladas em posições políticas são medíocres e tem um indisfarçável medo da inteligência. Isso na Inglaterra. Imaginem aqui noutros países. Não é demais lembrar a famosa trova de Ruy Barbosa:

"Há tantos burros mandando em homens de inteligência, que às vezes fico pensando que a burrice é uma Ciência."

Temos de admitir que, de um modo geral, os medíocres são mais obstinados na conquista de posições. Sabem ocupar os espaços vazios deixados pelos talentosos displicentes que não revelam o apetite do poder. Mas é preciso considerar que esses medíocres ladinos, oportunistas e ambiciosos, têm o hábito de salvaguardar suas posições conquistadas com verdadeiras muralhas de granito por onde talentosos não conseguem passar. Em todas as áreas encontramos dessas fortalezas estabelecidas, as panelinhas do arrivismo, inexpugnáveis às legiões dos lúcidos.

Dentro desse raciocínio, que poderia ser uma extensão do Elogio da Loucura de Erasmo de Roterdam, somos forçados a admitir que uma pessoa precisa fingir de burra se quiser vencer na vida. É pecado fazer sombra a alguém até numa conversa social. Assim como um grupo de senhoras burguesas bem casadas boicota automaticamente a entrada de uma jovem mulher bonita no seu círculo de convivência, por medo de perder seus maridos, também os encastelados medíocres se fecham como ostras à simples aparição de um talentoso jovem que os possa ameaçar. Eles conhecem bem suas limitações, sabem como lhes custa desempenhar tarefas que os mais dotados realizam com uma perna nas costas, enfim, na medida em que admiram a facilidade com que os mais lúcidos resolvem problemas, os medíocres os repudiam para se defender. É um paradoxo angustiante.

Infelizmente temos de viver segundo essas regras absurdas que transformam a inteligência numa espécie de desvantagem perante a vida. Como é sábio o velho conselho de Nelson Rodrigues: "Finge-te de idiota e terás o céu e a terra”.

O problema é que os inteligentes não gostam de brilhar. Que Deus os proteja para que as cobras não os ataquem.

* JORNAL DA BAHIA - Sábado, 23/09/79

Blog: Texto espetacular. Adicionando outro conselho aos jovens, dado pelo Nelson Rodrigues: - Envelheçam.

Viver é Perigoso

JOHN WAYNE - SUPREMACY


Bastante citada nos dias atuais a desastrada entrevista do ator John Wayne para a Playboy de maio de 1971.

PLAYBOY: Angela Davis claims that those who would revoke her teaching credentials on ideological grounds are actually discriminating against her because she's black. Do you think there's any truth in that? 

WAYNE: With a lot of blacks, there's quite a bit of resentment along with their dissent, and possibly rightfully so. But we can't all of a sudden get down on our knees and turn everything over to the leadership of the blacks. I believe in white supremacy until the blacks are educated to a point of responsibility. I don't believe in giving authority and positions of leadership and judgment to irresponsible people. 

PLAYBOY: Are you equipped to judge which blacks are irresponsible and which of their leaders inexperienced? 

WAYNE: It's not my judgment. The academic community has developed certain tests that determine whether the blacks are sufficiently equipped scholastically. But some blacks have tried to force the issue and enter college when they haven't passed the tests and don't have the requisite background. 

Viver é Perigoso

VENTOS DE GUERRA

Após oito anos, o Prefeito Municipal e Reitor da Unifei, preparam-se para deixar os cargos. Em termos gerais, não voaram durante todo esse período em "céu de brigadeiro".

De longe, passaram a ideia de terem estilos bem próximos.

Podem se preparar para enfrentar ações e mais ações na justiça. Muitas novas e outras decorrentes de ações já em andamento.

Observa-se isso pelas divulgações na imprensa e na Rede Social.

Imagino que uma coisa é encarar as questões judiciais quando no poder. Outra, muito diferente, será enfrentá-las afastado, sem a confortável retaguarda oficial.

Preço a ser pago. Custoso e desgastante.

Opiniões experientes afirmam que esses eventos, por mais desgastantes que sejam, não se comparam com a solidão longe do poder e a constante sensação de se sentirem cercados por ingratidão.

É a vida...

Viver é Perigoso

SINAL DOS TEMPOS


Em 10 de junho de 2014 entrou em vigor a Lei 12.990, que destina uma porcentagem das vagas de concursos públicos para negros e pardos, trazendo consigo um modelo de implantação que busca amenizar desigualdades sociais, econômicas e educacionais entre raças.

Em julho/2020, a Ambev abriu estágio exclusivo para negros. Foram 80 vagas restritas para universitários negros de todas as faculdades e cursos, em várias cidades brasileiras. O objetivo do programa é ampliar a representatividade de pessoas negras nos processos seletivos e nas contratações feitas pela empresa.

A empresa química e farmacêutica Bayer abriu na sexta-feira (18/9) as inscrições para um programa de trainee exclusivos para candidatos negros.
No total, 19 vagas foram abertas. O salário é de R$ 6,9 mil. É possível se inscrever para participar do processo seletivo até 21 de outubro.
Segundo a Bayer, o objetivo do programa de trainee para negros e negras é “compor uma maior representatividade racial em nossa futura liderança”

O Magalu (Magazine Luíza) abriu na mesma sexta-feira inscrições para seu programa de trainees para 2021. 
Com uma diferença em relação aos anteriores: a edição deste ano aceitará apenas candidatos negros.
O objetivo, segundo a empresa, é trazer mais diversidade racial para os cargos de liderança da companhia, recrutando universitários e recém-formados de todo Brasil.

Viver é Perigoso

LIVRO, PRESENTE DE AMIGO



O equilíbrio como leitor, dizem, é alcançado quando ele consegue apenas separar leituras boas de leituras ruins, deixando num plano inferior se comunga ou não com a ideologia do escritor.

Caso dos livros do Bernardo Kucinski (83 anos), jornalista, escritor e cientista político brasileiro. Professor da Universidade de São Paulo e ex-assessor da presidência no governo Lula.

Filho de imigrantes poloneses, a sua família que permaneceu na Europa morreu em campos de concentração nazistas.

Possui graduação em física pela Universidade de São Paulo (1968). Bernardo foi militante estudantil durante o regime militar, foi preso e exilado. Em 1991, obteve grau de doutor em Ciências da Comunicação pela USP com tese sobre a imprensa alternativa no Brasil entre 1964 e 1980. 

Ganhou o Prêmio Jabuti de Literatura em 1997 

Leitura indispensável o seu livro "K. Relato de uma busca" - Cia das Letras. Estilo "ficção/real". Depois, e só depois de lê-lo, leia também do escritor, "Os Visitantes". 

Devorei os dois (169 e 85 páginas) no domingo chuvoso de ontem. 

Viver é Perigoso

AMANHÃ, NA ONU


 Viver é Perigoso

ESTARIAM MENTINDO ?


Dica do amigo "Véio"

Viver é Perigoso