sábado, 15 de agosto de 2020

HAJA LAVOISIER


O cidadão, ao retirar a mesa e limpar as ferramentas, sempre costuma guardar o saldinho, ocupando potes e espaço na geladeira, sabendo que no outro dia o mesmo será dispensado.  

A dispensa se dá pela necessidade  da utilização do vasilhame. Ainda gera pequenos constrangimentos amenizados por um fingimento de distração.

Comprovado com todas as evidências.

Na quarentena, a consciência pesada na hora de botar fora um saldinho, sobra do almoço, dura 12 horas no máximo. Rumores dão conta que já foram registrados casos de 18 horas de vida extra de fatias de bolo com cobertura.

Viver é Perigoso

DIÁLOGO DE QUARENTENA


Vovó para os netinhos no telefone :

- Venham passar uns tempos aqui. No quintal, uma enorme área gramada, com árvores frutíferas, sol e sombra, balanço, muitos pássaros, uma tranquilidade.

- Vó, lá tem wi-fi ?

Viver é Perigoso

QUEM DIRIA...

Até o programa habitacional do Lula foi melhor do que o do Bolsonaro!

Viver é Perigoso