terça-feira, 11 de agosto de 2020

TOMOU O BARCO


Trinidad López III, simplesmente Trini Lopes, nascido em Dallas em 1937, cantor de muito sucesso, tomou o barco hoje de complicações advindas do novo coronavírus. 

Fez sucesso com diversos hits, tais como 'La Bamba", "America", "Perfidia", "If I Had A Hammer", "Lemon Tree", "Corazón de Melón", entre outros. 

Trini Lopes era filho de pais mexicanos e no cinema fez uma passagem pelo filme Os Doze Condenados, de 1967, contracenando com Lee Marvin, Charles Bronson e Donald Sutherland.

Viver é Perigoso

SEGUINDO FIRME

Viver é Perigoso

LIVRO, PRESENTE DE AMIGO


No presente caso, vindos da Rack, no Dia dos Pais

1 - On the road - Pé na Estrada - Jack Kerouac (oportunidade de rever leitura dos anos 70 - O lado sombrio do sonho americano atravessando o País pela Rota 66 )

2 - Os Engenheiros do Caos - Giuliano Da Empoli ( Como as fake news, as teorias da conspiração e os algorítmos estão sendo utilizados para disseminar ódio, medo e influenciar eleições.

3 - O mundo que não pensa - Franklin Foer (A humanidade diante do perigo real da extinção do homo sapiens )

4 - M - O Filho do Século - Antonio Scurati (O primeiro romance sobre o fascismo por Benito Mussolini)

5 - A Grande Gripe - John M. Barry (A história da gripe espanhola, a mais mortal pandemia de todos os tempos )

6 - O Fio da Trama - Alessandra e Consuelo Blocker ( Trajetória das mulheres da família Blocker-Pascolato - Referência no mundo da moda brasileira.

Viver é Perigoso