quinta-feira, 2 de julho de 2020

VENTOS DE GUERRA


Bom moçada. Ficou definido que o pleito (argh!) municipal será realizado no dia 15 de novembro.

Importante: Dia do aniversário do Flamengo, que completará 125 gloriosos anos. Ah ! também aniversário da Proclamação da República (131 anos).

Atenção rapaziada da oposição para as datas limites (a situação sempre tem um time de advogados especialistas para fazer a marcação em cima).

1 - A partir de 11 de agosto: emissoras ficam proibidas de transmitir programa apresentado ou comentado por pré-candidato, sob pena de cancelamento do registro do beneficiário.

2 - De 31 de agosto a 16 de setembro será o período para realização das convenções partidárias e à definição sobre coligações.

3 - Data limite para registro das candidaturas: 26 de setembro e início da propaganda eleitoral.

4 - Dia 27 de outubro: prazo para partidos políticos, coligações e candidatos divulgarem relatório discriminando as transferências do Fundo Partidário e do Fundo Especial de Financiamento de Campanha (Fundo Eleitoral), os recursos em dinheiro e os estimáveis em dinheiro recebidos, bem como os gastos realizados.

5 -  Dia D

Viver é Perigoso

CANTINHO DA SALA

William T. Williams - 1942)
Viver é Perigoso

VIDA QUE SEGUE


Apesar de a pandemia do Covid-19 ter atrasado um pouco o início das atividades da instituição financeira – que estavam previstas para o mês de maio, o XCMG S.A, banco do grupo chinês Xuzhou Construction Machinery Group (XCMG), começou as suas operações ontem (01/7) no País. 

Com sede em Pouso Alegre, no Sul de Minas, e escritório em São Paulo, o empreendimento tem como objetivo inicial fomentar o crescimento do grupo no Brasil.

Essa é a primeira instituição financeira com capital 100% estrangeiro a ter autorização para operar no Brasil.

As expectativas são de movimentar entre R$ 400 milhões e R$ 500 milhões no período de um ano.

Viver é Perigoso


EXTREMA


Tocando em frente. A cidade do Sul de Minas, com 34.000 habitantes, passando dos 350 casos comprovados de covid-19, segue a vida.

Extrema, abrigará mais um condomínio industrial e logístico. Três tradicionais empresas do setor imobiliário empresarial anunciaram a construção de um novo espaço mediante investimentos de R$ 350 milhões e potencial de geração de 5 mil empregos diretos.

O condomínio BWP Business Park vai ocupar uma área de 691 mil metros quadrados e contará com 170 mil metros quadrados de Área Bruta Locável (ABL) divididos em seis armazéns com 344 docas.

O início das obras está previsto para setembro e as operações para o primeiro semestre do ano que vem.

O protocolo de formalização do investimento foi assinado nesta semana entre o prefeito de Extrema, João Batista, secretários e representantes das empresas responsáveis pelo projeto: BlackWall, Diase e Dell’Agnese.

Ainda na área de logística, as Fulwood e Log C, por exemplo, iniciaram a construção do maior parque logístico do Sul de Minas, a partir de um investimento de cerca de R$ 515 milhões. A Ambev expandiu seu CD – o maior da empresa na América Latina – e a gigante do comércio eletrônico Mobly chegou à região. A Tok Stok anunciou a construção de um CD em Extrema, cujo espaço de 66 mil metros quadrados vai abrigar não apenas os produtos a serem distribuídos para as lojas, mas também toda a operação de e-commerce.

Claro que a localização de Extrema é um diferencial.

(dados jornal Diário do Comércio)

Viver é Perigoso

80 ANOS



Quem diria. Na próxima terça-feira (7/7/2020), Sir Richard Starkey, mais conhecido como Ringo Starr, completa oitenta anos de idade.

Viver é Perigoso

USO OBRIGATÓRIO DE MÁSCARA


Viver é Perigoso

UM NÓ NA GARGANTA


Deu no Jornal O Tempo

Ana Carla, de 10 anos, não encontrando comida na geladeira ou na despensa, pegou  escondido o celular da mãe para ligar para a Polícia Militar e pedir alimentos. A menina   contou que ela, as irmãs e os pais estavam passando fome.

Sustentadas com um salário mínimo recebido pelo pai e cuidadas pela mãe, que é dona de casa, ela e as irmãs, de 9 e 7 anos, descobriram-se sem comida nos últimos dias, e, no aperto da fome, Ana Carla decidiu pedir ajuda para o pelotão de Alpinópolis (próximo de Passos), cidade no Sul de Minas, onde mora com a família.

Os pais surpreenderam-se quando os militares chegaram à casa alugada, com uma cesta básica que garantiria os suprimentos mais urgentes pelos próximos dias. Entretanto, a ajuda não acabou por aí: policiais se juntaram com repórteres do município da cidade vizinha de Passos, também na região Sul, e arrecadaram doações para realizar o sonho de aniversário de Ana Carla, que completará 11 anos no próximo dia 31.

No último domingo, ela recebeu o presente: chocolates, sapatos e a certeza de que a família não ficará sem comida outra vez. Um morador de uma cidade vizinha, com o intuito de aliviar a situação financeira dos pais da menina, entrou em contato com a Polícia Militar e se comprometeu a pagar o aluguel deles até o fim do ano.

O policial militar (Juliano Pereira) que levou a cesta básica até a casa da criança, no bairro Rosário, em Alpinópolis disse: 

“A família é muito humilde, e, quando entregamos a cesta básica, os pais da Ana Carla ficaram até com vergonha, eles estão numa situação complicada até mesmo para pedir ajuda. A situação da família começou a se complicar logo no início da pandemia, quando uma das irmãs precisou ser submetida a uma cirurgia de emergência por causa de um problema de saúde que causa baixa imunidade. Os pais das três garotas acabaram se endividando em função do custo da operação. “O pai é assalariado e recebe apenas um salário mínimo. A mãe é dona de casa e cuida das crianças. Eles pagam aluguel e tentam tocar a vida com o que têm…”, 

Ainda no começo da pandemia, um comerciante do município de Alpinópolis promoveu uma live solidária, que terminou com a arrecadação de 21 toneladas de alimentos entregues à Polícia Militar para que fosse feita uma distribuição mais equitativa das doações.

Completou o Policial Militar Juliano:

“Foi muito triste quando recebi a ligação, me senti comovido pela atitude dela, principalmente pela idade e por ter feito a ligação escondido. Às vezes a gente acha que os problemas estão longe, mas na verdade estão do nosso lado. "

Viver é Perigoso

SIMPLES: SÓ SANCIONAR O PROJETO DE LEI Nº 4464

Na sessão de 29/6/2020 foi aprovado, na Câmara Municipal de Itajubá, o Projeto de Lei n° 4464/2020, de autoria do vereador Marcelo Krauss, que obriga a gestão municipal a divulgar de maneira clara e objetiva os gastos relativos ao enfrentamento da pandemia de covid-19. Agora o projeto de lei precisa ser sancionado pelo Prefeito.
Viver é Perigoso

ABSURDO !


Nada choca mais do que notícias do desvio (ou mal aplicação) de recursos públicos destinados ao combate da pandemia. Já foi escrito que uma PEC instituindo penas mais severas para os punidos seria bem aceita e mesmo aplaudida.

Uma providencia extraordinária foi a Lei Complementar nº 101 - Lei de Responsabilidade Fiscal, sancionado pelo presidente FHC em 4 de maio de 2000. Impôs o controle dos gastos da União, dos Estados e Municípios.

O "estado de calamidade" deixou-a em segundo plano.

Hoje (2/7), o Ministério Público do Distrito Federal e a Justiça Criminal de Brasília deflagaram a Operação Falso Negativo, com o objetivo de apurar supostas ilegalidades em contratações de testes para detecção de covid-19. 

De acordo com o Ministério Público, as suspeitas são de que, por meio da dispensa de licitações devido à situação emergencial decorrente da pandemia, mais de R$ 30 milhões tenham sido desviados em superfaturamento de contratos para aquisição de testes destinados à detecção da doença.

Segundo os investigadores, a soma do valor das dispensas de licitação sob investigação supera R$ 73 milhões. O processo corre em sigilo.

Setenta e quatro mandados de busca e apreensão estão sendo cumpridos pelo Gaeco - Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado em São Paulo, no Espírito Santo, Rio de Janeiro, na Bahia, em Goiás, Santa Catarina e no Paraná, além do Distrito Federal.

Os suspeitos podem responder por crimes de fraude em licitação, formação de cartel, lavagem de dinheiro, organização criminosa e corrupção ativa e passiva.

Para se evitar problemas futuros, não seria interessante que a Prefeitura de Itajubá e as Administrações dos municípios vizinhos, não tornassem publicas, de imediato, a quantidade de testes adquiridos (legalmente feitos sem licitação ), custos, nome dos fornecedores e marca dos fabricantes.

Levantamento fácil de se fazer e que, na certa, não ocuparia mais do que uma folha de papel. Caso algum dos fornecedores estiverem na lista dos suspeitos, objeto hoje das buscas e apreensões, "olho no lance". Ou possivelmente estão adquirindo, no sufoco, produtos sem qualidade e com sobre-preços.

Seria um gesto positivo e diferenciado.

No fundo, creio que tal providencia local não será tomada. Não pela desconfiança de que possa ter alguma ilegalidade, mas por ter certeza de que o viés autoritário prevalecerá.

Viver é Perigoso

OUTROS TEMPOS


Para um descuidado como eu, só o forte sentimento para ter às mãos, por 51 anos, a Escala e a Régua de Cálculo adquiridas no 1º ano da nossa Escola.

Viver é Perigoso