sexta-feira, 26 de junho de 2020

VENTOS DE GUERRA


Que o pessoal da "situação" na terrinha não vive sem pesquisas é do conhecimento geral. Adoram o tema e claro, dispõe de recursos para isso.

Um observador mais atento já pode observar onde e quando a "porca anda torcendo o rabo" neste período pré-eleitoral. 

Em tempo, promovem as pesquisas e detonam ações para tentar modificar tendências que não lhes agradam. Óbvio. Dispõe de ferramentas, inclusive, de pessoal disposto a colocar a mão na massa executando trabalho desagradável.

Os números devem estar soando favoráveis a um pré-candidato ao cargo de prefeito. Um Doutor com bons serviços prestados à população.

A artilharia já foi apontada e comentários distorcidos (especialidade da casa) já foram disparados. Tudo armado. Os comentaristas tentam se colocar em evidência, quase que certamente com vistas as eleições. Se desgastam, poupando os seus superiores protagonistas.

Há séculos foi constatado que a parte mais sensível do corpo humano é o bolso. 

Isso posto, cabe as vítimas de fakenews, gravar, documentar e processar, exigindo correções e buscando judicialmente reparações financeiras, de antemão, com o compromisso de serem direcionadas para entidades públicas necessitadas

Naturalmente,  os eleitores já cansados dessa jogadinha repetida, darão o devido troco nas urnas.

Repetindo: No caso de guerra, a primeira vítima é a verdade.

Viver é Perigoso 
   

MOMENTOS MÁGICOS



Viver é Perigoso

56.000 - HAJA SANFONA


Viver é Perigoso

DESCOMPENSOU DE VEZ


O Ministro Noronha foi citado hoje num post do "Viver é Perigoso". Agora à tarde, o nosso conterrâneo, numa live, afirmou:

"A Lava-Jato parou com a corrupção? Não. Aumentar a pena vai parar a corrupção? Não. 
Não podemos aumentar a pena e criar uma desproporcionalidade. Hoje é melhor matar que ser corrupto. A corrupção está dando 25, 26 anos (de pena de prisão). Homicídio tem dado 12, 14, 16. Isso é um absurdo."

Otávio Noronha

Viver é Perigoso

CANTINHO DA SALA


Di Cavalcanti - Cinco moças de Guaratinguetá - 1930 


Di Cavalcanti retratou a esposa de Abelardo Pinto Piolin, o Palhaço Piolin, Benedita França Pinto, junto às quatro filhas Áurea Pinto, Ayola Garcia, Albertina Ribeiro de Barros e Ana Ariel. 
Benedita, nascida em Guaratinguetá, era muito bonita.
Piolin esteve em 1918 com seu circo em Guaratinguetá e “fugiu” com Benedita. 
Essa passagem torna-se histórica também por conta do bordão circense e a música popular de carnaval, de autoria de Teixeirinha "... E o palhaço o que é? É ladrão de mulher".

Viver é Perigoso

COMENTÁRIO PERIGOSO


O filósofo Frances Voltaire certa vez lá no século 18, deixou registrado nos anais da história um pensamento que do século 18 vem perdurando até agora no século 21.
Disse ele que existem 2 tipos de ladrões:
O primeiro é o ladrão comum: é aquele que rouba o seu dinheiro, sua carteira, relógio, telefone, etc.
O segundo é o ladrão político: é aquele que rouba o seu futuro, seus sonhos, seu conhecimento, seu salário, sua educação, sua saúde, sua força, seu sorriso, etc.
Uma grande diferença entre estes dois tipos de ladrões, é que o ladrão comum escolhe-o para roubar os seus bens enquanto o ladrão político é você que o escolhe para ele o roubar. E a outra grande diferença, não menos importante, é que o ladrão comum é procurado pela polícia enquanto o ladrão político é geralmente protegido por um comboio policial. Pense antes de escolher o seu ladrão, da próxima vez…

Comentário Anônimo no Blog

Viver é Perigoso

ENTRAMOS BEM ?


Até então nunca havia mantido qualquer contato com a Wirecard. Na última segunda-feira comprei um livro pela internet e o boleto de pagamento indicou o nome da empresa.

Consultei e atestei que existia. Foi dispendida a impressionante soma de R$ 44,11.

Hoje, três dias após a importante transação comercial, dou de cara com a notícia:

A Wirecard entrou em colapso nesta quinta-feira (25), com dívidas de quase US$ 4 bilhões após revelar um buraco no balanço que o auditor EY disse ser resultado de sofisticada fraude global. A companhia de pagamentos entrou com pedido de insolvência dizendo que, com 1,3 bilhão de euros de empréstimos vencidos em uma semana, sua sobrevivência "não está garantida".

A Wirecard (Alemanha) iniciou suas operações no mercado europeu em 1999 e está no Brasil desde 2017. A subsidiária brasileira da companhia enviou uma carta a seus clientes dizendo que o escândalo não tem relação com o negócio no País.

Em tempo, a aquisição do livro (usado) foi resultado de demorada busca, uma vez que a edição se encontra esgotada. 

Pois é...

Viver é Perigoso 

GENTE NOSSA


Como o pessoal já tomou conhecimento, João Otávio de Noronha, presidente do STJ - Superir Tribunal de Justiça, nasceu em 1956 em Três Corações. Foi funcionário do Banco do Brasil de 1975 até 1984. Em 1981 formou-e em Direito pela Faculdade de Pouso Alegre.
Em 1987 passou no concurso público para Juiz de Direito.

Opinião publicada hoje no jornal "O Estado de São Paulo" :

"Levantamento feito nas decisões do presidente do STJ, João Otávio de Noronha, aponta que o ministro atendeu aos interesses do governo do presidente Jair Bolsonaro em 87,5% das decisões individuais tomadas de 1º de janeiro de 2019 a 29 de maio deste ano.
Nas próximas semanas, Noronha vai ficar no comando do plantão do STJ durante o recesso de julho. Isso significa que eventuais recursos no caso Fabrício Queiroz, revelado pelo Estadão, podem ser analisados pelo ministro."

Num discurso recente, o presidente Bolsonaro, assim se referiu ao Ministro :

"Prezado Noronha, permita-me fazer assim, presidente do STJ. Eu confesso que a primeira vez que o vi foi um amor à primeira vista. Me simpatizei com Vossa Excelência. Temos conversado com não muita persistência, mas as poucas conversas que temos o senhor ajuda a me moldar um pouco mais para as questões do Judiciário. Muito obrigado a Vossa Excelência".

Pois é...

Viver é Perigoso

QUEM, QUANDO, ONDE ?


Blog: O fato é que a prisão do Queiroz levou o Sr. Jair Bolsonaro a recolher o facho por esses dias. Até que não foi tão ruim. Expectativa de uma recaída para o final de semana.  

Viver é Perigoso