sábado, 30 de maio de 2020

BOM DE OUVIR



Viver é Perigoso

SOB A LUZ DE VELAS


Enfim, nossas vidas tornarás mais risonhas
Não veremos de novo aqueles anos sofridos
Que até aos mais felizes trouxeram tantas dores.
Toda a sorte de bens terão nossas famílias,
O trigo dos nossos campos a foice cansará,
E os frutos cumprirão a promessa das flores.

François de Malherbe

Viver é Perigoso


ESTAMOS JUNTOS


Viver é Perigoso

VENTOS DE GUERRA


Já foram diversas tentativas infrutíferas de diálogo. Já houve apelos em vão e oportunidades para tal desperdiçadas. Agora, parece cada vez mais claro que a solução para crise entre o governo do presidente Jair Bolsonaro, os demais Poderes e parte da sociedade caminha para uma conclusão drástica. E dramática, para um lado ou para o outro.

Muitos eram os que apostavam que a pandemia, com a trágica morte de milhares de pessoas, forçaria um entendimento ou ao menos uma trégua. Afinal, como brigar por poder enquanto famílias são arrasadas com a perda de entes queridos em uma velocidade nunca vista? Pois não foi o que se viu. Mesmo diante do cenário que choca o mundo inteiro, as tensões se acirraram. O presidente brigou com governadores e prefeitos, trava uma batalha com o Judiciário, dispara pelas costas do Congresso mesmo após a busca por um entendimento e se dissocia da parcela mais expressiva da sociedade. É fortemente criticado pela imprensa nacional e internacional e por boa parte das entidades da sociedade civil.

Embora não esteja na rua, a população já está se posicionando. Nos últimos dias as pesquisas demonstraram que os setores médios da sociedade abandonaram a posição dúbia e se enfileiraram contra o presidente. Por outro lado, sua base de apoio se solidificou. Hoje temos dois terços da população que reprovam fortemente o presidente, e um terço que o defende de forma incondicional. Isso pode variar um pouquinho para cima ou para baixo, mas não muito. O que indica que até mesmo no seio da sociedade o espaço para a ponderação se esgotou.

Esse clima de confronto, aliado ao avançar das investigações por um lado e à retórica belicista do grupo presidencial de outro, leva-nos à conclusão de que chegaremos, cedo ou tarde, ou ao afastamento do presidente, com a prisão de alguns dos que estão em seu entorno, ou viveremos de fato a situação de um golpe contra os demais Poderes.  A tormenta política vivida no Brasil parece ainda não ter chegado ao seu pico, o que é dramático.

Ricardo Corrêa - O Tempo

Viver é Perigoso

SCHEISSE !

Viver é Perigoso

FAUNA MINEIRA


Abertura do comércio :

"É muito mais barato fazer leito de hospital do que recuperar a economia de uma cidade como Belo Horizonte”

Marcelo Souza e Silva - Presidente CDL de Belo Horizonte

Viver é Perigoso