domingo, 3 de maio de 2020

CONFORME O SCRIPT


Conforme o script, amanhã, segunda-feira (4/5) será dia de reaparecer o Sr. Jairzinho Paz e Amor. Louvando a instituições, mas como sempre, culpando a imprensa. Espera-se, que inclusive venha a chamar a atenção, de modo suave, de seus seguidores pelo "entusiasmo" demonstrado na manifestação ocorrida hoje na rampa do Palácio.

Na terça-feira, ou mesmo na noite de amanhã, voltará ao normal.

Viver é Perigoso

O ESTADO DE SÃO PAULO



A diretoria e os jornalistas de O Estado de S. Paulo repudiam veementemente os atos de violência cometidos hoje contra sua equipe de jornalistas durante uma manifestação diante do Palácio do Planalto em apoio ao presidente Jair Bolsonaro.

Trata-se de uma agressão covarde contra o jornal, a imprensa e a democracia. A violência, mesmo vinda da copa e dos porões do poder, nunca nos intimidou. Apenas nos incentiva a prosseguir com as denúncias dos atos de um governo que, eleito em processo democrático , menos de um ano e meio depois dá todos os sinais de que se desvia para o arbítrio e a violência.

Dada a natureza dos acontecimentos deste domingo, esperamos que a apuração penal e civil das agressões seja conduzida por agentes públicos independentes, não vinculados às autoridades federais que, pela ação e pela omissão, se acumpliciam com o processo em curso de sabotagem do regime democrático.

O Estado de São Paulo

Viver é Perigoso

FORA DE CONTROLE

Apoiadores do presidente Bolsonaro agrediram com chutes, murros e empurrões a equipe de profissionais do Estadão que acompanhava uma manifestação pró-governo realizada hoje (3/5), em Brasília. O fotógrafo Dida Sampaio registrava imagens do presidente em frente a rampa do Palácio do Planalto, na Esplanada dos Ministérios, numa área restrita para a imprensa quando foi agredido. 

Sampaio usava uma pequena escada para fazer o registro das imagens quando foi empurrado duas vezes por manifestantes, que lhe desferiram chutes e murros. O motorista do jornal, Marcos Pereira, que apoiava a equipe de reportagem também foi agredido fisicamente com uma rasteira. Os manifestantes gritavam palavra de ordem como “fora Estadão”.

Vencedor de dois prêmios Esso e três Vladimir Herzog, Dida Sampaio trabalha no Estadão desde 1994. Do exato ponto da Praça dos Três Poderes em frente ao Palácio do Planalto onde foi agredido por bolsonaristas, ele já congelou as tradicionais subidas pela rampa dos presidentes eleitos - Fernando Collor (1990), Fernando Henrique (1995 e 1999), Luiz Inácio Lula da Silva (2003 e 2007), Dilma Rousseff (2011 e 2015) e Jair Bolsonaro (2019) - e de visitantes internacionais, como Bill Clinton (1997), Nelson Mandela (1998), papa João Paulo II (1991) e Barak Obama (2011).

Viver é Perigoso

AGORA VAI !


Sugestão para utilizar com fundo de sua lives. Pega bem.

Viver é Perigoso

DIA DA LIBERDADE DA IMPRENSA


O Dia Mundial da Liberdade de Imprensa é celebrado no dia 3 de maio. A data foi criada em 20 de Dezembro de 1993, com uma decisão da Assembleia Geral das Nações Unidas e celebra o Artigo 19 da Declaração Universal dos Direitos Humanos.

Não custa nada é sempre é bom estar lembrando o Artigo 19 da Declaração Universal dos Direitos Humanos:

" Toda pessoa tem direito à liberdade de opinião e expressão; este direito inclui a liberdade de, sem interferência, ter opiniões e de procurar, receber e transmitir informações e ideias por quaisquer meios e independentemente de fronteiras" - 1948

Viver é Perigoso


POIS É...



Viver é Perigoso

CAMINHANDO CÉLERE RUMO AO NADA


"Tenho certeza de uma coisa, nós temos o povo ao nosso lado, nós temos as Forças Armadas ao lado do povo, pela lei, pela ordem, pela democracia, e pela liberdade."

“não haverá mais interferência no governo”.

“Eu já estou no poder. Falta um pouco de inteligência para quem me acusa de ser ditatorial. Eu sou, realmente, a Constituição.”

“Peço a Deus que não tenhamos problema nesta semana. Chegamos ao limite. Não tem mais conversa. Daqui para frente não só exigiremos, faremos cumprir a Constituição. Ela será cumprida a qualquer preço.”

Sr. Jair

Viver é Perigoso

SÓ PARA LEMBRAR

Viver é Perigoso