domingo, 12 de abril de 2020

AINDA OUVIREMOS MUITO POR AQUI



A pandemia do coronavírus trouxe de volta ao debate público velhas propostas que pareciam já superadas.

Existem correntes ideológicas que defendem que, uma vez superada a crise na saúde, os consumidores só comprem produtos espanhóis para apoiar as empresas do país, muitas das quais atravessam dificuldades.

Viver é Perigoso

MOMENTOS MÁGICOS



Viver é Perigoso

TOMOU O BARCO


Um grande amigo. Eng. Antonio Folgado Lobato, um dos responsáveis pela vinda para Itajubá das empresas Cabelauto e Cabelte. Tomou o barco na cidade do Porto.

Esteve muito presente em Itajubá. Experiente profissional que transmitiu muito conhecimento. Integrou-se rapidamente na nossa comunidade.

Por estas bandas, aprendemos muito com o Lobato. 

E a vida...

Viver é Perigoso  

CAPA DE DISCO


Viver é Perigoso

PANORAMA VISTO DA PONTE


Em termos, sem dúvida nenhuma, que estamos melhor do que nos tempos de Lula e Dilma. Já com relação ao período Temer, nem tanto. Infelizmente.

O mérito maior do presidente Bolsonaro foi a montagem do seu ministério, exceto, talvez,  com relação a Educação e Relações Exteriores. 

São reais as dificuldades criadas ao Governo pelos políticos filhos do Presidente. Teremos que conviver com isso, desconsiderando as opiniões publicadas pelos infantes.

Mas hoje, olhando friamente, sentimos o Presidente da República fragilizado. E pior, por exclusiva responsabilidade própria. E acontecendo num momento crucial para o País.

Seus gestos e reações demonstram insegurança.

Quem se sente forte não precisa buscar contante e agressivo apoio nas Redes Sociais, nos discursos e nos contatos diretos com correligionários. Um comício mais ou menos no conhecido estilo "não me deixem só".

As crises de desconfiança e ciúme o tem levado a se desfazer de aliados de valor. Seu desconforto com questionamentos feitos pela imprensa é evidente, levando-o ao descontrole. Suas constantes mudanças de posicionamento, indica que são tomadas em decorrência de pesquisas rápidas feitas pela assessoria.

Descer a rampa do Planalto para brigar com governadores, com o Congresso, com prefeitos, com países parceiros comerciais, com a mídia e neste momento crucial do planeta, entrar em choque frontal com a Ciência e, pasmem, colidir com fatos concretos que vêm acontecendo no mundo. 

Está em paz com quem ?

Abalado com a pandemia, o País segue. É triste perceber que o pessoal, competente e sério, que compõe o ministério, já sentiu o drama. Fica a impressão que resolveram tocar o País independente da oratória do Presidente. 

Devem se reunir e com integral apoio dos ministros militares, tomar decisões e repetir o mantra: "deixa ele falar. É o jeito dele. Vamos afirmar que ele é o grande chefe, que as idéias são dele, relevar as provocações e trabalhar, trabalhar."

Idem, com os governadores, prefeitos e até, quando é chamado, pelo judiciário. 

Força Capitão. Assuma as rédeas

Sei lá...

Viver é Perigoso 
  

SEM TEMOR



Porque Ele vive, posso crer no amanhã
Porque Ele vive, temor não há
Mas eu bem sei, eu sei, que a minha vida
Está nas mãos de meu Jesus, que vivo está

Viver é Perigoso

FELIZ PÁSCOA

Viver é Perigoso