sexta-feira, 14 de fevereiro de 2020

BRASILEIROS !

O manifesto de fundação do PT foi lançado no dia 10 de fevereiro de 1980, em encontro realizado no Colégio Nossa Senhora do Sion, tradicional instituição de ensino básico localizada no bairro de Higienópolis, na região central da cidade de São Paulo. 

A ficha de filiação número um foi assinada por Apolônio de Carvalho.

Não se trata de concordância com ideologia. Trata-se da citação de um brasileiro que teve uma participação importante na história.

Apolônio de Carvalho, nasceu em Corumbá em 1912, filho de um soldado sergipano e de mãe gaúcha.

Em 1933 já era oficial do Exército. Dois anos depois ajudou a criar a ANL - Aliança Nacional Libertadora. Frente de esquerda composta por setores de diversas organizações de caráter anti-imperialista, antifascista e e antiintegralista (congregando comunistas, alguns tenentes, operários e intelectuais de esquerda).

Preso em 1936 pelo governo de Getúlio Vargas, teve sua patente militar destituída e é expulso do Exército. Com a saída da prisão em junho de 1937, Apolônio ingressa no Partido Comunista Brasileiro (PCB).

Sob orientação do Partido embarcou para a Espanha onde, combateu nas Brigadas Internacionais ao lado das forças Republicanas contra os fascistas liderados pelo general Francisco Franco.

Apolônio deixa a Espanha juntamente com as Brigadas Internacionais em fevereiro de 1939 e parte para a França, onde permanece em campos de refugiados até maio de 1940, quando consegue fugir do Campo de Gurs, dirigindo-se a Marselha.

É nesta cidade portuária que ele ingressa na Resistência Francesa, em 1942, da qual se torna comandante da guerrilha dos partisans para a região sul, com sede em Lyon. 

Também em 1942 que conhece Renée France Laugery, uma jovem de 17 anos, militante comunista da Resistência, que se tornaria sua companheira para o resto da vida. Em 1944,
nasce o primeiro filho do casal, René-Louis.
Por sua coragem, Apolônio é considerado um herói na França, onde foi condecorado com a Legião de Honra.

O fim da guerra encontra a família em Paris, de onde embarcam no ano seguinte para o Rio de Janeiro. Em 1947 nasce o segundo filho do casal, Raul. 

Apolônio, Renée e as duas crianças passam a viver na clandestinidade, militando entre Rio e São Paulo até 1953, quando ele parte para um curso na União Soviética que dura cerca de quatro anos. Em 1955, Renée o encontra em Moscou e, em 1957, a família está de volta ao Brasil, vivendo na semi-legalidade, situação que se estende até o golpe militar de 1964.

Logo após a Revolução de 1964, Apolônio passa a viver em profunda clandestinidade no estado do Rio de Janeiro, longe da família. 

Em conseqüência das divergências com o Comitê Central do Partido Comunista (do qual era membro) Apolônio deixa o PCB, em 1967. Em 1968, Apolônio e outros dissidentes, fundam PCBR (Partido Comunista Brasileiro Revolucionário).

Em janeiro de 1970, Apolônio foi preso no Rio de Janeiro. Em fevereiro, os filhos Raul e René-Louis também são presos.

Em junho, Apolônio e outros 39 presos políticos brasileiros chegam a Argel, trocados pelo embaixador da Alemanha Ocidental, sequestrado no Rio de Janeiro. 

Seu filho René-Louis será libertado em 1971, trocado (juntamente com 69 outros presos políticos) pelo embaixador da Suíça. Em 1972, Raul sai da prisão, quando a família se reúne em Paris.

A volta ao Brasil será em outubro de 1979, depois da Anistia de agosto daquele ano.

Em fevereiro de 1980, participa da fundação do PT, permanecendo ma direção do Partido até 1987, quando se afasta por orientação médica.

Apolônio, tomou o barco em setembro de 2005, no Rio de Janeiro.

Viver é Perigoso

ÊPA !




O ex-secretário municipal de Finanças de Pouso Alegre, Messias Morais, foi preso na tarde desta sexta-feira (14). 

A prisão é preventiva e foi decretada pela justiça atendendo pedido do Ministério Público Estadual que investiga o desvio de cerca de R$ 14 milhões de recursos do município entre os anos de 2014 e 2016. 

Messias e os donos da empresa Plenax, contratada na gestão passada para fazer a limpeza urbana na cidade, são suspeitos. Os donos da empresa tinham sido presos em dezembro do ano passado. Eles foram soltos e estão sendo monitorados através de tornozeleiras eletrônicas.

Trata-se de um desdobramento da "Operação Capina", do Gaeco, Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado.

Viver é Perigoso

DR. RODRIGO BOSSI


O antagonista" obteve cópia do depoimento prestado à justiça pelo Dr. Delegado Rodrigo Bossi, que tomou o barco no início deste ano.

O nome do Delegado Rodrigo Bossi costuma trazer preocupantes lembranças para membros da Administração da Cidade.

Segundo o site "O Antagonista", o delegado Rodrigo Bossi, que depôs dois meses antes de morrer, reafirmou à Justiça que a ‘Lista de Furnas’ foi declarada falsa por peritos pagos para isso. 

Rodrigo Bossi, foi o responsável pela delação de Marcos Valério – homologada parcialmente por Celso de Mello em 2018.

Leiam o post completo no www.oantagonista.com

Complicado.

Viver é Perigoso 

CADÊ ?

Viver é Perigoso

VIDA INTELIGENTE


Ouvindo hoje (das 11:00 às 12:00 horas) no imperdível Programa Informativo 98,7 - JovemFM, com a Célia Rennó, a entrevista com o diligente e bem preparado Vereador, Vladimir Bananeiro, do MDB local.

Leve, tranquilo e firme em suas posições, o Vereador Vladimir, deixou a entender que sua posição é favorável a manutenção do feriado do dia 15 de setembro - N.S. Soledade. 

Também, com relação ao Projeto (em andamento na Câmara) que elimina no município o transporte de carga em veículo tracionado por animal, o Vereador mostrou a sua simpatia contra a proibição proposta pela Vereadora Mônica/Administração Municipal.

A entrevista mostrou que outros vereadores, assessores e autoridades, desde que, preparados como o Vladimir, podem participar de entrevistas na independente JovemFM, sem temor e pânico, o que sempre foi óbvio.  

Viver é Perigoso

ÊPA !


Seguem os rumores sobre a possível demissão do Secretário de Governo, Bilac Pinto, que começaram logo no início do ano. Ganharam impulso nos últimos dias após o encolhimento dramático da base governista, agora reduzida a 17 deputados, sete a menos do que antes, numa clara mostra da debilidade da articulação política do governo.

Ao mesmo tempo, corre nos bastidores a informação de que o governador teria iniciado gestões em busca de um substituto para Bilac. Um dos nomes que teriam sido sondados por Zema é o de Adalclever Lopes, ex-presidente da Assembleia Legislativa.

O próprio Adalclever fomentou os rumores. Ele contou a pelo menos um amigo ter sido procurado para conversas sobre a possibilidade de assumir a articulação de Zema. Mas não deu detalhes. Não disse se esteve diretamente com o governador ou com um emissário e se sinalizou positivamente. 

(osnovosinconfidentes)

Blog: E nós com isso ? Muito, embora o Bilaquinho seja do DEM, fatos comprovam sua grande proximidade política com o prefeito da cidade que é do MDB. 
A mesma proximidade não se daria entre o prefeito e o Sr. Adalclever do mesmo MDB. Questões eleitorais recentes.

Viver é Perigoso

ESTAMOS LASCADOS !


Segundo publicado pela suplente de vereadora Mara da Reni (Republicanos) a Prefeitura de Heliodora, no Sul de Minas, cobra R$ 61.658 por acesso à informação.

De acordo com o prefeito, Alex Leopoldino de Lima, o Código Tributário Municipal exige o pagamento de taxas de expediente e de utilização do serviço público.

Blog: Penando bem, até que não está caro. Em cidades vizinhas nem pagando consegue-se acesso à informação.

Estamos lascados.

Viver é Perigoso