quarta-feira, 12 de fevereiro de 2020

MOMENTOS MÁGICOS



Viver é Perigoso

POIS É...



PORTARIA Nº: 118/2020

Art. 1º - Exonerar a pedido o Sr. XXXX, do cargo de Agente Administrativo, SEMDS - Secretaria Municipal de Defesa Social, em Comissão de Recrutamento Amplo, de conformidade com a Lei Complementar nº 067/2011, referendada pela Lei Orgânica Municipal em seu Artigo 81, item II e CF em seu artigo 37 – inciso II.

Publicado em 12/02/2020

PORTARIA Nº: 119/2020

Art. 1º - Exonerar a pedido o Sr. XXXX, do cargo de Agente Administrativo, SEMDS - Secretaria Municipal de Defesa Social, em Comissão de Recrutamento Amplo, de conformidade com a Lei Complementar nº 067/2011, referendada pela Lei Orgânica Municipal em seu Artigo 81, item II e CF em seu artigo 37 – inciso II.

Publicado em 12/02/2020

Blog: PMI : Bi-exoneração ?

Viver é Perigoso

O HOMEM MAIS RICO DO BRASIL


De Jacob Safra veio Elie Safra. De Elie, vieram Joseph e Edmond Safra. De Joseph, vieram Jacob, Alberto e David.

O homem que possui a maior fortuna do Brasil se chama Joseph Safra. Banqueiro e empresário libanês, com naturalização brasileira. Nasceu em Beiruth em 1938.

Joseph Safra é dono de um patrimônio que ultrapassa os US$ 23,7 bilhões. É o número um no Brasil e o 31º no mundo. Sua casa, no Morumbi, é avaliada em R$100 milhões, e apresenta 130 cômodos, divida em 5 andares e servida por 9 elevadores. O IPTU é de R$ 1 milhão. O empresário só se desloca de helicópteros.

Nos anos 50, a família imigrou para o Brasil, onde fundou o Banco Safra em 1955. Joseph, seu pai Jacob e seus irmãos Edmond e Moise conduziram os interesses da instituição por muitos anos. Após a morte de Edmond, em 1999, Joseph e Moise mantiveram o controle do banco até 2006, quando Joseph adquiriu a parte de Moise, numa transação estimada em US$ 2 bilhões.

Recentemente,um dos filhos de Joseph, Alberto, decidiu deixar seu trabalho no Banco Safra. O motivo seriam divergências com o irmão mais novo, David.

Uma das paixões de Safra, além do mundo dos negócios, são livros raros. Devido a isso, acabou se tornando um dos maiores colecionadores de obras do Brasil. 

O empresário é um dos maiores doadores de dois dos mais importantes hospitais de São Paulo, o Hospital Albert Einstein e o Hospital Sírio-Libanês. 

Joseph Safra, doou as esculturas de Rodin para a Pinacoteca de São Paulo e o manuscrito original da Teoria da Relatividade, escrita pelo cientista Albert Einstein, para o Museu de Israel em Jerusalém.

É a vida...

Viver é Perigoso

LABORATÓRIO DE ALTA POTÊNCIA


Como é do conhecimento geral, a importante obra do Senai/MG foi paralisada. Em diversos pronunciamentos a direção do Senai, da Fiemg e da própria CNI, deram a entender que desistiram do projeto.

Segundo reportagem do jornal "O Sul de Minas", teriam sido investidas na obra, cerca de R$ 41 milhões, sendo R$ 24 milhões do BNDES e quase R$ 17 milhões divididos entre o Senai/Minas e o Senai/nacional. O valor foi aplicado em projetos executivos, obras de terraplanagem, manutenção e conservação, além de construção de escritório e uma subestação (em fase final de construção).

Lembrando, através da Lei Municipal nº 3011, de 26 de novembro de 2013, a Prefeitura de Itajubá, cedeu para o SenaiI/Departamento Regional de MG - CNPJ n.º 03.773.700/0001-07, os direitos de uso de um terreno, localizado na Estrada Municipal José Siqueira de Carvalho, no bairro Figueiras, no Município de Itajubá, com área de 21,7494 ha (vinte e um hectares, setenta e quatro ares e noventa e quatro centiares).

Ficou estabelecido que terreno seria destinado exclusivamente a implantação de um laboratório de ensaios e testes elétricos no Município de Itajubá pelo SENAI/DR-MG. 

O SENAI/DRMG teria o prazo de 05 (cinco) anos para concluir a edificação do laboratório, contados a partir da aprovação da, ou seja, 26/11/2013. 

Decorridos o prazo de 5 (cinco) anos, previsto em Lei, sem que a obra tenha sido concluída, o bem doado será revertido ao patrimônio do Município de Itajubá, com todas as benfeitorias nele existentes e sem qualquer indenização ou ressarcimento ao beneficiário, salvo na ocorrência de motivo justificado e comprovado pelo o atraso, ou seja, em 26/11/2018.

Reversão essa que já poderia ter acontecido, não fosse a concessão legal da prorrogação de prazo de conclusão das obras, por mais quatro anos, conforme autorizado pelo Poder Executivo Municipal autorizado, na Lei Municipal nº. 3.270 de 20/7/2018, contados após o termo do prazo inicialmente previsto de 5 (cinco) anos, estendendo-se, portanto, até 26 de novembro de 2.022.

Conclusão: Caso não tivesse acontecido a prorrogação de prazo, evidentemente, o município poderia requerer a reversão para o seu patrimônio, da área cedida. os benefícios, incluindo nesses, os projetos.  Considerando a sustentabilidade do Projeto e logicamente o alto valor do investimento necessário para a sua conclusão (cerca de R$ 400 milhões), poderia se sonhar com uma parceria município/Unifei, que a nossa Escola, dentro do espírito do "Future-se", em discussão nacional, buscasse parceria com investidores (chineses ? ), que caminham para ter sob seus controles, parte sustancial da geração e transmissão de energia no País. Imagina-se ser possível a renegociação (Município/Senai) da antecipação do prazo concedido quando da prorrogação.

Em tempo: Considera-se que o valor de R$ 24 milhões originados dos cofres do BNDES, sejam de responsabilidade do Senai. E os projetos incluam a especificação dos equipamentos do laboratório.

Viver é Perigoso 

PREMEDITANDO O BREQUE


A cidade vem acompanhando a confirmação dos nomes dos pré-candidatos que pretendem participar da eleição municipal de outubro/2020.

Pouca novidade. São citados e alguns já confirmados: (por ordem alfabética)

1 - Dr. Bob - Vice em aberto
2 - Vice-Prefeito Christian - Vice Dr. Nilo Baracho
3 - Representante do PSTU *
4 - Dr, Ricardo Mello - Vice Eng. Antonio Santi
5 - Dr. Ricardo Zambrana - Vice em aberto
6 - Prof. Roberval - Vice Dra. Érica

*Todos sabem que o PSTU aproveita a ocasião apenas para registrar posição.

Pesquisas estão sendo realizadas pelos grupos. Devem influenciar e definir as chapas. Não se esquecendo que a definição, necessariamente, terá que ter a benção de um guru externo, deputado ou senador. Esses políticos, pouco estão se lixando para a vida da cidade. Almejam apoio para as eleições de 2022.  

Mas prá valer mesmo (palpite) a eleição para prefeito segue para ser disputada pela situação/oposição/chapa meio termo. Ou seja:

Situação: Christian/Baracho 
Oposição: Dr. Ricardo Mello/ A. Santi
Chapa Meio Termo : Dr. Bob/Dr. Zambrana

A chapa da "oposição" estaria praticamente decidida. Não se surpreendam se acontecer (difícil), a fusão das chapas da situação e a chapa meio-termo.

A chapa da situação carrega o aval do Secretário/deputado Bilaquinho e do Estadual Dalmo (Ouro Fino).
A chapa da oposição carregará (tudo indica) seguirá com o aval do Deputado Dimas Fabiano e a torcida (sem aparecer) do Deputado Ulysses Gomes.
A chapa "meio termo", caminharia com o aval do Senador Carlos Vianna. 

Lógico, que existem nomes sonhando com uma vice-prefeitura. O cargo imaginado por 10 entre 9 assessores.

Luta terrível deverá ser por uma das 11 vagas na Câmara Municipal. Ventos dão conta que poderá acontecer uma senhora renovação.

Veremos...

Viver é Perigoso

CARECENDO DE ACOMPANHAMENTO


"As dificuldades continuadas na articulação política têm levado o governador Romeu Zema a pensar em nova mudança na área. 

Há quase seis meses, ele trocou o então secretário de Governo, Custódio Mattos, pelo atual, Bilac Pinto, para melhorar interlocução política. Se o desempenho era ruim no Legislativo, agora se ampliou para o lado até do Judiciário. O desgaste dele começou quando tentou enquadrar o Legislativo e o Judiciário na crise fiscal do Estado.

A insatisfação do governador não é só na área política, mas também na comunicação. Quando chegou, Bilac havia chamado para si o comando da comunicação, mas perdeu espaço. O controle da área voltou, informalmente, para as mãos do secretário geral de Estado e homem de confiança de Zema, o empresário Igor Mascarenhas Eto. Esse passou a tomar decisões estratégicas na área e a consultar o mercado sobre os rumos da comunicação oficial.

E no momento que se prepara para a batalha mais difícil na Assembleia Legislativa, com projeto de privatizações, o governo foi surpreendido. De uma só vez, o bloco parlamentar mais fiel a Zema perdeu seis deputados estaduais. Após a desarticulação, tentou recuperar os aliados, mas não obteve sucesso. Nem o partido de Bilac Pinto, o DEM, integra a base governista.

Tudo somado, Zema pensou em mudar novamente. Durante as férias de Bilac no exterior, em janeiro, o governador sondou políticos experientes para a missão, ou para reforçar a articulação. Consultou o ex-presidente da Assembleia Legislativa Adalclever Lopes (MDB), o ex-governador Alberto Pinto Coelho (ex-PP) e o ex-deputado federal Jaime Martins (PSD). "

(Alemdofato)

Blog: E nós com isso ? Sabido da estreitíssima ligação do prefeito de Itajubá com o Secretário Bilaquinho. Com mudança, o atual Secretário voltaria para a Câmara Federal. Os nomes pensados e citados para uma eventual substituição, não são em nada chegados ao atual poder político local. Mesmo o Adalclever (MDB) parece distante. Alberto Pinto Coelho continua ainda ligado ao PP (partido do deputado Dimas Fabiano, também afastado hoje). Já o PSD é o partido do Senador Carlos Viana, aqui ligado ao Dr. Bob, que também ensaia voo solo.

Veremos.  

Viver é Perigoso

OLHA O CARNAVAL AÍ...

Viver é Perigoso