sexta-feira, 7 de fevereiro de 2020

MILHARES DE ARTISTAS


Pois é, coincidindo com o aniversário de 40 anos do PT, cerca de 1900 artistas, intelectuais e políticos do Brasil e de diversos países (?) lançaram nesta sexta-feira um manifesto contra o cerceamento de instituições culturais, científicas e educacionais, além da imprensa, pelo Governo Jair Bolsonaro.

De fora, numa olhada na lista, o tradicional em listas desse tipo, Sting. Os intelectuais Chomsky e Mia Couto.

Do Brasil, os tradicionalíssimos Chico Buarque, Caetano Veloso, Paulo Coelho, Sebastião Salgado, Jean Willys (sim ele mesmo, intelectual do BBB), Arnaldo Antunes e outros.

Entre os dez primeiros da lista, Juninho Pernambucano, antigo meio-de-campo do Vasco. Também lá, de certa forma como novidade, o escritor amazonense Milton Hatoun.

Estreando e estrelando, a diretora de cinema Petra Costa.

Muitos deserdados do São Rouanet, padroeiro dos artistas brasileiros. 

Pelo sobrenome, valorizam a listagem o Sr. Michel Connif ( se for parente do maestro americano) e a Sra. Janete Moro, por motivos óbvios. Também figura o Sr. Paulo Probo. Esse, inquestionável.

Ah ! o que querem ?

Convocam a comunidade internacional a se manifestar publicamente contra a censura no país e pressionar o governo brasileiro para que ele siga a Declaração Universal de direitos humanos, e com isso respeite a liberdade de expressão, de pensamento e de religião.

Segundo o manifesto, o momento é grave, e é hora de dizer não à escalada autoritária no Brasil.

O manifesto deve desviar a atenção do mundo voltada hoje para a coronavirus .

Blog: Esse pessoal precisa é tomar conhecimento, no interior de Minas, o que vem a ser autoritarismo.

Viver é Perigoso

AGORA VAI !


Anastasia comunicou hoje ao Presidente do PSDB, seu desligamento do partido. Na próxima semana deve divulgar a sua filiação ao PSD, acreditem, do Gilberto Kassab, para onde também foi o Senador mineiro Carlos Vianna.

Aqui na terrinha, como todos sabem, o PSD, ex- partido do Chico Marques e Cleber Davi, foi tomado de assalto pelo Senador Vianna.   

Sei não, mas o mesmo caminho deverá ser seguido pelo Deputado Aécio Neves, praticamente escorraçado do ninho tucano pelo pessoal do Dória.

Resumindo, vão ter que mudar muita coisa para continuar tudo igual.

Consequências nas eleições municipais...sem dúvida. É só aguardar.

Viver é Perigoso

MACHADO É UM PERIGO

Viver é Perigoso

CANTINHO DA SALA

William H. Johnson - 1941
Viver é Perigoso

MORDAÇA



O acesso a informações na Prefeitura de Itajubá, município do Sul de Minas, está extremamente difícil, segundo jornalistas locais. Entre as queixas estão: dificuldade para entrevistar secretários, diretores, coordenadores e outras fontes oficiais; recusa em participar de programas de rádio; cancelamento de entrevistas e discriminação de veículos e jornalistas.

O SJPMG entrou em contato com a Assessoria de Comunicação da Prefeitura na terça e na quarta-feira, 4 e 5/2, mas até a publicação desta matéria não obteve resposta sobre as queixas nem conseguiu uma entrevista. E-mail enviado para o endereço informado – imprensa@itajuba.mg.gov.br – também não foi respondido.

“A informação é um direito do cidadão e uma obrigação de quem exerce cargos públicos, é inadmissível que ela seja negada aos jornalistas, ou que seja sonegada por questões pessoais ou picuinha”, ressalta a presidenta do SJPMG, Alessandra Mello.

A queixa dos profissionais itajubenses foi publicada pela jornalista Luciana Mohallem. Ela observa que o jornalismo é uma instituição fundamental para a democracia, pois leva informação aos cidadãos, mas que essa missão não pode ser cumprida quando o poder público não colabora fornecendo informações.

O boicote a jornalistas e seus veículos pode ser uma forma de censura. Segundo Elaine Romão, da Rádio Itajubá, em menos de uma semana, três pautas foram derrubadas porque secretários da Prefeitura cancelaram entrevistas.

Cecília Rennó é outra profissional que se queixa da Prefeitura. Ela observa que o prejuízo não é apenas para o jornalista e seu veículo, é sobretudo para a população.

Profissionais de outras duas rádios também reclamaram da falta de atendimento da Prefeitura à imprensa; a informação de que representantes do governo não participariam mais de programas foi transmitida extraoficialmente.

O comportamento da atual administração de Itajubá não surpreendeu o diretor do jornal O Sul de Minas, Luiz Antônio Dias Santiago. Segundo ele, desde 2013 o jornal é discriminado e entrevistas são dadas apenas aos veículos alinhados ao governo. Ele lamenta o fato, pois impede seu jornal de “ouvir o outro lado”, um dos mandamentos do bom jornalismo.

Blog: O governo mais, parcialmente, fechado da história de Itajubá. O próprio "Viver é Perigoso", aguarda, há sei lá quantos anos, um pedido de audiência com o prefeito". Sem resposta.

Viver é Perigoso

PT SAUDAÇÕES - 40 ANOS


Já é alguma coisa:

" Uma autocrítica sincera do partido na política e na economia é necessária, mas não pode ser "autoflagelante" nem "autocomplacente". A obra que nós construímos é muito maior do que os erros, que não foram poucos, nem pequenos, que nós cometemos"

Aloizio Mercadante

Acho que o partido fez transformações democráticas muito positivas na sociedade brasileira, em particular no governo do presidente Lula. Mas também acho que ele teve que fazer uma série de modulações na sua linha política que bloquearem a sua renovação.
Ao longo destes 40 anos ocorreram composições e renúncias que nunca ficaram esclarecidas. Não sei se algumas destas concessões não foram renúncias de princípios.
A autocrítica que eu defendi não significava transformar o partido em delegacia de polícia. Quadros do PT cometeram erros ao longo destes 40 anos e isso não é nenhuma novidade em qualquer partido de qualquer ideologia. A reestruturação que eu defendia e defendo vai bem além.

Tarso Genro

Viver é Perigoso

CABRAL VAI FALAR

Viver é Perigoso

REFLEXÃO


Comentário enviado e publicado ontem no post "Sob a Luz de Velas " - (O dinheiro compra o cão, o canil e o abanar do rabo) - Millôr



Quando o fundador de DUBAI, Sheikh Rashid, foi questionado sobre o futuro de DUBAI, ele disse:

"Meu avô andava de camelo, meu pai andava de camelo, eu ando de Mercedes, meu filho anda de Land Rover e o meu neto vai andar de Land Rover; mas meu bisneto vai andar de camelo”.

Conclusão:

Tempos difíceis criam homens fortes;

Homens fortes criam tempos fáceis;

Tempos fáceis criam homens fracos;

Homens fracos criam tempos difíceis.

Viver é Perigoso

MOÇA BONITA


Passando uns dias em Itajubá em fevereiro de 1975. Na sexta-feira de carnaval, dia 7, após o almoço, estava de saída no nosso fusquinha/74 para pescar umas piabinhas no Rio do Rennó, nas proximidades de Santa Rita do Sapucaí.

Sonia achou melhor que não fosse e entendi. Poucas horas depois, aproximando-se o final da tarde ela, simplesmente avisou: - A Rachel está chegando.

Impressionante a nitidez com que o som do carnaval do Clube Itajubense chega aos quartos da Maternidade Xavier Lisboa. Passamos a sexta/sábado e domingo de carnaval juntos.

Começamos bem, seguimos bem e continuamos bem, pela Graça de Deus.

45 anos anos num piscar de olhos e incontáveis alegrias e emoções.

Hoje tomamos café juntos em São Paulo às 7:00 horas.

Feliz aniversário Rack.

Viver é Perigoso