terça-feira, 4 de fevereiro de 2020

PARA INGLÊS VER


Publicado hoje (4/2/2020) no Diário Oficial do Município de Itajubá:

Edital de Licitação Pregão Presencial nº 011/2020

Objeto: Contratação de Empresa Para Apresentações Artísticas nos dias 19, 20, 21 e 22 de março de 2020, no Parque da Cidade - 

1) Banda no estilo MPB com 04 vocais e com habilidades para arranjos musicais no estilo MPB; *

2) Banda no estilo Pop Rock com habilidades e repertórios cover das mais diversas bandas de rock nacional e internacional; *


A abertura das propostas será realizada na sede do Município de Itajubá, à Av. Dr. Jerson Dias, nº 500 - Estiva - Itajubá/MG, no dia 19/02/2020 às 14 horas. 

*Informações adicionadas.

Por outro lado... 



Viver é Perigoso

FAÇAM SUAS APOSTAS

Viver é Perigoso

MOROU NA RUA NOVA


Miguel Reale, nasceu em São Bento do Sapucaí em 1910. Filho do médico italiano Dr. Braz Reale e da Dona Felicidade Chiaradia.

Em meados de 1913, a família mudou-se para o Rio de Janeiro, onde instalou uma farmácia e consultório. Não deu certo e vieram morar em Itajubá (moravam na esquina da Rua Nova com a Praça Wenceslau Braz, onde hoje é a CDL)

Realizou seus primeiros estudos em Itajubá no Colégio Nossa Senhora da Glória (da Professora Isaura Santos), mudando-se depois para São Paulo, onde cursou o secundário no Instituto Dante Alighieri e ingressou em 1930 na Faculdade de Direito do Largo de São Francisco, pela qual se formou em 1933. 

Na Faculdade, participou ativamente da política filiando-se à Ação Integralista Brasileira (AIB), agremiação de inspiração fascista fundada por Plínio Salgado (também natural de São Bento do Sapucaí) e que, com o lema “Deus, pátria e família”, pregava a implantação de um Estado corporativo-sindicalista no Brasil.

Como do conhecimento geral, a Ação Integralista Brasileira - AIB, agremiação de inspiração fascista foi fundada por Plínio Salgado em 1932 e que, com o lema “Deus, pátria e família”, pregava a implantação de um Estado corporativo-sindicalista no Brasil.

Como características próprias do movimento, a saudação romana era acompanhada pelo grito da palavra tupi Anauê, que significa "eis-me aqui", enquanto a letra do alfabeto grego sigma (Σ) servia como símbolo oficial da AIB.

Interessante reparar que Plínio Salgado(1895) e Miguel Reale(1910) nasceram na mesma São Bento do Sapucaí, embora informações deem conta que Reale e Plínio se conheceram só em 1932.

Miguel Reale, jurista, advogado, político, filósofo, professor universitário e poeta brasileiro. Foi Secretário da Justiça do Estado de São Paulo e Reitor da Universidade de São Paulo.

É conhecido principalmente por sua longa atuação na advocacia e na academia, sendo um autor de relevo no campo da filosofia do direito. Tomou o barco em 2006.

Em 1975, depois de rejeitar um lugar de ministro no Supremo Tribunal Federal, tomou posse na cadeira nº 14 da Academia Brasileira de Letras. 

A entrada do Brasil na Segunda Guerra Mundial ao lado das forças aliadas em 1942 obstruiu o trânsito dos integralistas junto ao governo. Miguel Reale foi um dos presos durante a onda anti-integralista dessa época. Em seu depoimento à polícia, negou que o integralismo tivesse qualquer semelhança ideológica com o nazi-fascismo.

Seu filho, Miguel Reale Junior, foi ministro da Justiça no Governo Fernando Henrique Cardoso.

Viver é Perigoso

TEMPOS MÁGICOS



Viver é Perigoso

RENOVAR LIDERANÇAS


"Na arena política, o País experimenta uma carência que descora a democracia e empalidece o horizonte nacional. Há muito o Brasil não vem sendo capaz de renovar substancialmente o conjunto de suas lideranças. 

Há décadas o País atravessa um deserto quanto ao surgimento de líderes que inspirem, pautem e ensejem o novo, a inovação e a vanguarda em termos socioeconômicos e político-culturais. 

O Brasil preparou muita gente de todas as posições políticas no entorno de 1964. Depois veio o vácuo instaurado pela ditadura militar. Com a redemocratização o País voltou a formar lideranças em todos os campos do pensamento político – é daí que venho, meu treinamento foi na luta pela volta das liberdades. Nesse meio tempo se instalou um vazio quanto ao surgimento de líderes políticos.

Em meio a essa conjuntura planetária, que dialoga perfeitamente com a nossa realidade, uma questão nacional deve ser destacada na produção desse deserto de novas lideranças: um país que tem mais de 30 partidos não tem representação partidária. Só uma efetiva reforma do sistema político promoverá mudanças que possam dar uma direção racional e programaticamente assertiva à vida político-partidária no País, contribuindo até para que os próprios partidos retomem a função de formar lideranças – tarefa que não é sua exclusividade, mas é um de suas mais fortes razões de existir.

Necessário abrir espaço a uma meninada arejada, independentemente se à direita, à esquerda ou ao centro do espectro político, usando a velha linguagem.

O fundamental é que novas lideranças surjam, tenham boa formação e estejam capacitadas a operar com os desafios e os propósitos da vida política, habilitadas a debater ideias, conviver com a diferença, negociar, construir consensos, etc. Não se nasce com as capacidades e habilidades da liderança. Não é só questão de vocação. Boa parte é treinamento.

E a política de verdade não se faz sem lideranças capazes de inspirar e mobilizar a cidadania. Segundo o historiador Paul Johnson, a vida de Winston Churchill passa ao menos cinco lições importantes sobre liderança: 

Pense sempre grande
Nada substitui o trabalho árduo, 
Nunca deixe que erros e desastres o abatam, 
Não desperdice energia com mesquinharias 
Não deixe que o ódio o domine, anulando o espaço para a alegria na vida.

Parece impossível vislumbrar novos horizontes sem a formação de uma nova geração de líderes, algo indispensável à superação da aridez que vem assolando a política nacional. 

O Brasil não merece e não pode ser refém de uma arcaica vida política baseada em visões estreitas e ultrapassadas, quando não incivilizadas, de mundo."

(Extraído de Artigo do Dr. Paulo Hartung)

Viver é Perigoso

PRÁ PENSAR


"...Se a proximidade dos evangélicos com o poder preocupa alguns por ofender a laicidade, eles ainda parecem muito longe de obter os privilégios da Igreja Católica. Destaco as centenas de milhões em renúncias do INSS em favor de faculdades caras que atendem o 1%. PUCS e redes como Marista e Santa Marcelina não pagam centavo algum para a Previdência sobre salário de seus funcionários por "entidades beneficentes..."

Pedro Fernando Nery - Dr. em Economia - Estadão

Viver é Perigoso

OUTROS TEMPOS


Abril de 1998 - Em Itajubá, embarque dos primeiros jovens contratados pelas empresas portuguesas, em implantação na cidade, com destino a Portugal para receberem treinamento. O Sr. Prefeito Chico e o então Secretário de Ciência & Tecnologia, Industria e Comércio Edson Riera, levando um abraço para o pessoal.

Viver é Perigoso 

CLARIN DA BOA VISTA


Em piores condições do que aqueles que despejam besteiras em suas falas, tipo Zé de Abreu, Kakay e outros menos votados, devem estar aqueles que as publicam.

Clarin da Boa Vista

Viver é Perigoso

BRAZILLLLLL!

Viver é Perigoso