quarta-feira, 23 de dezembro de 2020

SONHO DE CONSUMO


O presidente russo, Vladimir Putin, sancionou ontem lei que garante imunidade vitalícia aos ex-presidentes russos, que inclusive o beneficiará ao deixar o poder (se é vai deixar um dia). O Texto publicado concede aos ex- presidentes e suas famílias a imunidade para que não sejam processados por crimes que tenham cometido. Com isso, também ficarão isentos de serem interrogados pela polícia, ou por investigadores, assim como alvo de buscas e prisões.

Blog: No Palácio do Planalto, o pessoal já deve estar achando que os "comunistas" não são tão perigosos assim. Uma medida como essa viria a calhar aqui no País, principalmente, considerando a extensão dos benefícios aos familiares. Como o Congresso Nacional não faz nada de graça, democraticamente, lutará por uma medida similar, apenas estendendo para toda a classe política, senadores, governadores, deputados, prefeitos e vereadores.
Economia na polícia, judiciário e lógico, perspectiva de queda no mercado de trabalho dos advogados. 

Viver é Perigoso

Um comentário:

Anônimo disse...

Por aqui a tática atual é blindar via indicações de nomes ao STF.