quarta-feira, 2 de dezembro de 2020

FALOU E DISSE


Estamos em uma emergência climática, não só estamos no meio da crise da pandemia da covid-19. Vemos que estamos em uma emergência quando olhamos o que acontece com o aumento da presença de gases de efeito estufa na atmosfera ou o aumento das temperaturas - este ano é um dos três mais quentes já registrados. Também, se olharmos para o que acontece com as geleiras, se olharmos para o que acontece na Groenlândia ou na Antártida, se olharmos para o que acontece com o nível do mar, se olharmos para o que acontece com os furacões e outras tempestades em diferentes partes do mundo, se olharmos que nove milhões de pessoas morrem a cada ano pela poluição do ar e da água causada pelos mesmos fatores que criam a crise climática. 

Mas não é uma emergência para um ano ou dois, será o desafio essencial deste século. Esta emergência obriga a uma mobilização para combatê-la. 

Estamos em guerra com a natureza e é uma guerra suicida porque a natureza sempre responde e o faz com uma violência crescente. A humanidade deve fazer as pazes com a natureza. Mudança climática, biodiversidade, oceanos e os aspectos relacionados às florestas, à degradação do solo... São tantas as áreas em que devemos mudar de rumo se quisermos um planeta onde possamos viver. "

Antonio Guterres - Secretário Geral da ONU

Viver é Perigoso

2 comentários:

Anônimo disse...

"A natureza tem uma estrutura feminina, não sabe se defender mas se vinga como ninguém" desconhecido

Anônimo disse...

Contribuindo com o colega acho que a frase é da Marina Silva.