quinta-feira, 17 de dezembro de 2020

CANTINHO DA SALA



Arrematada por R$ 57,5 milhões na noite desta quinta-feira (17), a tela “A Caipirinha”, de Tarsila do Amaral. A pintura da artista modernista, de 1923, tornou-se a obra de arte brasileira mais cara da história negociada em leilão.

Blog: Esclarecendo ao amigo Walter Bianchi: O lance do Zelador ficou longe do vencedor.

Viver é Perigoso

2 comentários:

wartão disse...

Sinto sinceramente que o seu lance não tenha sido vencedor, mas esperemos o próximo leilão, tenho certeza que alguma obra famosa se juntará ao seu acervo já milionário. Essa obra merecia estar junto aos quadros do artista H. Flintstones.

Anônimo disse...

Perdeu por 300 mil.
Besteira.
Devia ter continuado.
Abs
H. Finn