quinta-feira, 17 de dezembro de 2020

AGORA VAI !


Está programada a licitação do lote Pouso Alegre-Itajubá para novembro de 2021.

Em 2020, a Secretaria de Estado de Infraestrutura e Mobilidade (Seinfra) dedicou-se ao desenvolvimento de importantes projetos, que serão implantados a partir do próximo ano. 

Entre os destaques citados pelo secretário de Estado de Infraestrutura e Mobilidade, Fernando Marcato, durante balanço anual da Pasta,  está a  decisão de passar à iniciativa privada 3,2 mil quilômetros de rodovias mineiras.  

Viver é Perigoso

2 comentários:

Anônimo disse...

MG tem a maior malha de rodovias federais. Se não me engano várias BRs foram passadas para o estado, até a 459. Então é possível que o trecho em questão possa ser concedido mas não esperem milagres. Esse pessoal das grandes administradoras viárias exigem investimentos governamentais prévios. A Fernão Dias é exemplo pois só foi concedida depois de duplicada. Já tá na segunda concessionária (a 1ª não cumpriu o contrato) que reclama muito do preço do pedágio (mudou o modelo de concessão para outorga). Exemplos Dutra 60,00 Fernão Dias 18,40.E preparemos pois podem vir aí pedágios absurdos. Em SP em certos trechos das rodovias estaduais privatizadas gasta-se mais, muito mais com pedágios do que combustível.amigo rodoviário atento.

Anônimo disse...

Entao, é ou não pra arrumar, acho q sim acho q não, agora sim agora nao, ah....vá