terça-feira, 17 de novembro de 2020

GRANA EM CAIXA


A BNDES, braço de participações do banco de fomento, vendeu ontem 40 milhões de ações da Vale (R$ 63,62/cada) - R$ 2,54 bilhões.

O BNDES pôde vender os papéis porque expirou, na semana passada, o período de “lock up” que a impedia de vender mais ações da Vale nos 90 dias que se seguiram ao “block trade” de agosto, quando o BNDES se desfez de 135 milhões de ações (R$ 60,26/cada) - R$ 8,1 bilhões em papéis da mineradora. 

Ontem, o “block trade” foi operacionalizado pela corretora do Bradesco, e na ponta compradora estava o Morgan Stanley, segundo fonte a par de detalhes da operação.

Blog: Possível reação de amadores: Petistas lamentarão a privatização da empresa nos tempos do FHC. Os bolsonaristas não dormirão pensando que poderia haver chineses por trás dos negócios.

Viver é Perigoso

Nenhum comentário: