sexta-feira, 16 de outubro de 2020

SOB A LUZ DE VELAS


Dica: Prof. Sérgio Roberto Costa

A palavra “Desiderata” vem do Latim e significa “coisas que são desejadas”. Também é o título de um famosíssimo poema, que se tornou particularmente conhecido durante os anos sessenta, junto com o movimento hippie. 

O texto é uma reunião de sábios conselhos que deram a volta ao mundo inteiro, pela precisão de suas ideias e pela profundidade de seu conteúdo.

Em torno do texto foi criada a lenda de que havia sido escrito por um monge anônimo e que havia sido encontrado sobre o banco de uma igreja em Baltimore, há duzentos anos. De acordo com esta versão, o poema teria sido escrito no ano de 1692.

Na verdade, tudo se tratava de um equívoco. O autor de “Desiderata” foi o filósofo e advogado Max Ehrman, filósofo, poeta e advogado norte-americano, nascido em Indiana em 1872. Foi escrito em 1927. 

O texto não foi publicado em vida; só foi a público em 1948 (ele tomou o barco em 1945), quando sua esposa publicou seus poemas de forma póstuma.

"Contraí uma doença em De Pauw University, da qual jamais me curei: o idealismo" - Max Ehrmann

Viver é Perigoso

Um comentário:

Anônimo disse...

Caríssimo na década de 80 fez muito sucesso o poema declamado pela voz grave do Cid Moreira. Já rendeu até CDs. Realmente um belo texto.https:https://www.youtube.com/watch?v=LUsABXRo6Ik