segunda-feira, 19 de outubro de 2020

O TEMPO VOA


Moramos em Manaus do início de 1978 até 1982. Um dia chegaram em Manaus alguns jovens formados pela nossa Escola (hoje Unifei) para lecionar na Universidade do Amazonas. Por recomendação do amigo Professor José Carlos Goulart, de imediato, nos procuraram.

Alguns deles ficaram hospedados na nossa casa até se ajeitarem. Ajudamos no que foi possível. Estávamos sempre juntos.

Hoje, lendo o noticiário, tomei conhecimento da indicação do Hélvio Neves Guerreiro, para a diretoria da Aneel. 

Boas lembranças.

"A Comissão de Serviços de Infraestrutura do Senado aprovou nesta 2ª feira (19/10) nomes para as diretorias de ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis), Antaq (Agência Nacional de Transportes Aquaviários), Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) e Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica).

Hélvio Neves Guerra foi indicado para diretor da Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) no lugar de Rodrigo Limp Nascimento. O relator foi Eduardo Braga (MDB-AM).

Hélvio Neves Guerra, nascido em Santos em 1955, é Engenheiro Eletricista graduado pela Escola Federal de Engenharia de Itajubá - EFEI (1979), Mestre em Engenharia Elétrica também pela EFEI (1981) e doutor em Planejamento de Sistemas Energéticos pela Unicamp (2001).De março de 2019 a outubro de 2020 ocupou o cargo de secretário adjunto da Secretaria de Planejamento e Desenvolvimento Energético do Ministério de Minas e Energia (MME). 
Na Universidade Federal do Amazonas, onde trabalhou entre janeiro de 1981 e março de 2000, ocupou as posições de Professor do Curso de Engenharia Elétrica, Chefe do Departamento de Eletricidade da Faculdade de Tecnologia, Vice-Diretor e, posteriormente, Diretor da Faculdade de Tecnologia e Vice-Reitor da Universidade, cargo que lhe proporcionou a oportunidade de assumir interinamente a Reitoria por diversas vezes. 

Entre 2001 e 2019 trabalhou na ANEEL ocupando as superintendências de Estudos e Informações Hidrológicas, de Licitações e Controle de Contratos, de Concessões e Autorizações de Geração e de Fiscalização dos Serviços de Geração. Entre 2006 e 2010 foi Presidente da Comissão Especial de Licitações da ANEEL, responsável pelos leilões de energia e linhas de transmissão."

Viver é Perigoso

Nenhum comentário: