sexta-feira, 2 de outubro de 2020

ILHA DA FANTASIA


Kassio Nunes, o escolhido por Jair Bolsonaro para a vaga de Celso de Mello no STF, foi o responsável, no ano passado, por liberar a polêmica licitação do Supremo para a compra de comidas (lagostas, camarão, pato etc) e bebida (uísque 12, 15 e 18 anos e vinhos).

A concorrência de R$ 1,1 milhão havia sido suspensa por uma liminar da Justiça Federal de Brasília, ms Nunes cassou a decisão no seu plantão.

Ao saber da observação da mídia sobre o fato, de pronto, o Capitão Jair declarou:

"... não tem nada demais comer lagosta. Nada demais. Qual o problema de comer lagosta? Quem pode come, quem não pode não come..."

Viver é Perigoso

Nenhum comentário: