segunda-feira, 12 de outubro de 2020

ESTÃO POR AÍ DE VOLTA

Continua valendo - publicado em 4/11/2009

A pior raça que existe é a famigerada raça dos incentivadores de candidatos.

O sujeito leva uma vida pacata, ajudando um aqui outro ali e até mesmo participando das atividades da Igreja.

Vem um incentivador e diz como quem não quer nada: Você vai sair para vereador ? O cara assustado responde: Que isso meu, ficou louco ? Não quero mexer com isso não.

Mas a minhoquinha já ficou na cabeça. 

Estendendo a conversa, indaga: Por que essa pergunta ? O incentivador afirma: Seu nome está muito falado. Precisamos de gente séria, capaz.

Não! Não entro nessa não!... Mas o bichinho da vaidade já entrou no circuito.

No outro dia vai ao supermercado com comportamento diferente. Cumprimenta um, distribui sorriso acolá, cede o carrinho para a Senhora com a criança no colo, deixa a moça passar a frente na fila. Tudo isso, sem se dar conta.

Daí a fazer umas colocações políticas nas conversas é um passo. Sempre na oposição. Mas se sentir reação contrária, por mais leve que seja, muda de opinião. Já está ficando sem vergonhinha.

Alguns dias depois encontra na rua com o incentivador, que diz : 

- Cara não tem para ninguém você vai estourar a boca do balão. Só lá no Clube tem garantido uns quinhentos votos. Você está filiado em algum Partido ? 

- Sim. Nunca fui lá, mas por insistência do meu cunhado assinei a ficha de filiação do PSDT (para nós, Partido Social Dos Trouxas). 

- Beleza, então já tem legenda.

Começa a se empolgar. Compra umas camisas sociais e as começa usar com o último botão desabotoado e quatro dobrinhas nas mangas.
Não perde mais as reuniões da Associação do Bairro, os Terços da Igreja, festas da quermesse, futebol de veteranos, reunião de pais de alunos e velórios (às vezes até chora). Passa a comprar rifas em beneficio de todo mundo.

Já está na hora de encarar a patroa.

Diz ele, misturando um falso tédio com revolta: 

Vou mandar esse pessoal à merda. Não aguento mais essa insistência para que eu saia candidato.

A mulher leva um susto e de imediato pensa na inveja das amigas. Dá uma olhada e acha o marido até mais bonito.
Diz ela:

- Isso benzinho, às vezes o dever nos chama e temos que dar uma contribuição mais efetiva para a sociedade. Você tem muito mais capacidade do que todos que estão lá. Aliás, só na família, direta e indiretamente você pode ter certeza de uns 200 votos.

Bom!... pensa ele: já são setecentos. Mais os da fábrica, onde arranco pelo menos uns trezentos.
Todo mundo respeita e quer bem um gerente de RH. Aliás vai ser bom até para a firma ter um representante na Câmara. Pode acelerar muitas coisas lá. Mas claro, a Diretoria praticamente vai ter que bancar a minha campanha. Não posso esquecer a juventude. Se 30 por cento dos amigos dos meus filhos votarem em mim, o que não é difícil, já serão mais cemzinhos. E o pessoal da Igreja que pode fechar comigo: Mais uns 200 votos. E o corpo a corpo: Mais uns trezentos. Não quero ser otimista, mas se a metade do que eu tenho certeza votar em mim, já serei o mais votado. Presidente da Câmara ? Nada mal. Mas com os cinco paus por mês, vou deitar e rolar. Agora o apartamento de Ubatuba sai. Vou ter o cuidado de comprá-lo em nome das crianças, que é para evitar fofocas.

Blá, Blá, Blá...: Já gastei dez mil da poupança; o partido não ajudou em nada; só mandou fazer 3.000 santinhos, onde saí com cara de morto e nem distribuí. A firma só mandou fazer 10 faixas. Mas tudo bem, em três meses eu volto às origens, e daí para frente é só caixa.

Cinco de outubro. Contagem final dos votos: 16 (dezesseis). 

- Vão todos a PQP!!!... Não me falem mais em política.

O incentivador tomando cerveja com os amigos no buteco, comenta: 

- 16 ?? Foi é muito...

Cai fora amigo!

Viver é Perigoso.

Um comentário:

Anônimo disse...

Anote ai Zelador, depois das eleições o covid vai voltar forte, fechar tudo, matar mais de 1000 por dia e tudo vai faltar, é a vida, politicagem nojenta, vc vai ver