quinta-feira, 29 de outubro de 2020

DEPENDÊNCIA OU MORTE

Compromisso que teria sido assumido por um político mineiro com o seu sucessor, depois de uns trezentos anos no cargo de prefeito:

Dou minha palavra que você poderá usar a minha sala durante todo o tempo. Enjoei de lá. O que tem aparecido de pidonchos por lá é uma grandeza. E para não dizerem que você não passa de um poste, pode demitir o secretário municipal Moacyr, que andou traindo a gente na eleição e também o Ariovaldo. Um chato que pergunta tudo. Não tem um pingo de iniciativa.

Sem querer me meter na indicação dos substitutos, sugiro os nomes do Clemente e do Almeida para ocuparem os cargos vagos. Foram fieis vereadores e não conseguiram a reeleição.

Mantenha o pessoal contratado para serviços, pelo menos por mais um ano. Em especial os advogados, uma vez que têm conhecimento de causa.

Como afirmei na véspera da convenção, na saúde, nem pensar em mexer. Ajude quem a gente já está ajudando e esqueça a instituição que escanteamos. 

Vá levando esse pessoal de ciência&tecnologia no bico. Eles gostam é de mostrar projetos e números na parede. Fique quieto, cochile e elogie bastante no final da apresentação. Ficarão realizados.

Deixe comigo a eleição para a presidência da Câmara. Vai ser gente nossa.

Com relação a imprensa escrita e falada, já conversamos.

Como apreço a sua fidelidade, os contatos com os nossos deputados, federal e estadual, continuarão centrados em mim.

Mantenha ao seu lado o pessoal do gabinete responsável pela internet. Que continuem atentos e prontos para postagens.

Fique com o meu novo número. Será de uso exclusivo entre nós. 

Em princípio, nos contataremos, no mínimo, três vezes por dia.

Finalizando, repito o meu chavão preferido: "Destesto Surpresas".

Enfim...seja eu mesmo.

Viver é Perigoso  

Um comentário:

Anônimo disse...

Perfeito ZELADOR, extensivo a imprensa, entidades, ongs, hospitais, empresariado, apae, clubes parques, enfim, tudo, kkkkkkkk😁😁😁😁😁😁🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣