quarta-feira, 21 de outubro de 2020

ASSIM FALOU ZARATUSTRA


Eumir Deodato de Almeida, carioca de 1943. Pianista, arranjador e produtor musical brasileiro. Participou do movimento bossa nova no início da década de 60. Após breve carreira no Brasil, em 1967, mudou-se para Nova York, estabelecendo-se como arranjador e produtor musical na gravadora CYI Records, vindo a trabalhar nos discos de Tom Jobim, Walter Wanderley, Paul Desmond, Aretha Franklin,Frank Sinatra, Tony Bennett, Roberta Flack, Wes Montgomery e Ray Bryant, entre outros.

Em 1973 grava o seu primeiro álbum solo fora do Brasil e o resultado é Prelude, lançado pela CTI Records em janeiro de 1973.

O álbum surpreendeu a todos com uma versão jazzística e suingada da introdução de Also sprach Zarathustra, do compositor de música clássica Richard Strauss.

A canção, um poema sinfônico que havia tornado-se famoso ao ser largamente utilizada por Stanley Kubrick no seu filme de 1968, 2001: A Space Odyssey, atingiu o segundo lugar na parada de sucessos norte-americana e foi a 7ª mais ouvida no Reino Unido. Com isso, o álbum acabou vendendo 5 milhões de cópias, ficando em terceiro lugar na parada de sucessos de álbuns da Billboard e Deodato ganhou o Grammy de melhor performance instrumental de música pop no ano de 1974.

Deodato trabalhou em quase 500 discos, escreveu trilha sonora para vários filmes e recebeu diversos prêmios, entre eles 16 discos de platina, além do Grammy.

Viver é Perigoso

Nenhum comentário: