segunda-feira, 21 de setembro de 2020

SINAL DOS TEMPOS


Em 10 de junho de 2014 entrou em vigor a Lei 12.990, que destina uma porcentagem das vagas de concursos públicos para negros e pardos, trazendo consigo um modelo de implantação que busca amenizar desigualdades sociais, econômicas e educacionais entre raças.

Em julho/2020, a Ambev abriu estágio exclusivo para negros. Foram 80 vagas restritas para universitários negros de todas as faculdades e cursos, em várias cidades brasileiras. O objetivo do programa é ampliar a representatividade de pessoas negras nos processos seletivos e nas contratações feitas pela empresa.

A empresa química e farmacêutica Bayer abriu na sexta-feira (18/9) as inscrições para um programa de trainee exclusivos para candidatos negros.
No total, 19 vagas foram abertas. O salário é de R$ 6,9 mil. É possível se inscrever para participar do processo seletivo até 21 de outubro.
Segundo a Bayer, o objetivo do programa de trainee para negros e negras é “compor uma maior representatividade racial em nossa futura liderança”

O Magalu (Magazine Luíza) abriu na mesma sexta-feira inscrições para seu programa de trainees para 2021. 
Com uma diferença em relação aos anteriores: a edição deste ano aceitará apenas candidatos negros.
O objetivo, segundo a empresa, é trazer mais diversidade racial para os cargos de liderança da companhia, recrutando universitários e recém-formados de todo Brasil.

Viver é Perigoso

Nenhum comentário: