quinta-feira, 17 de setembro de 2020

70 ANOS DA TELEVISÃO NO BRASIL

Um exemplar encontra-se na Boa Vista, é claro, desde agosto de 1994, ano em que foi publicado pela Companhia das Letras. "Chatô - O Rei do Brasil". Escrito pelo Fernando Morais sobre a vida do Assis Chateaubriand.

Registre-se: conforme anotações, foi o livro mais vezes emprestado para os amigos. 

Encontra-se lá, com detalhes

Em fevereiro de 1949, Chateaubriand entregou nos EUA, aos diretores da RCA Victor, os primeiros US$ 500 mil (primeira parcela) de um total de US$ 5 milhões, referente a compra total de 30 toneladas de euquipamentos para instalação da TV Tupi (canal 3).

Mario Alderighi foi convidado para ser o diretor técnico do projeto. Para diretor artístico, Chateaubriand convidou Demerval Costa Lima, que indicou para seu assistente um jovem com menos de 20 anos: Cassiano Gabus Mendes.

A data de estreia da televisão no Brasil foi marcada para o dia 18 de setembro de 1951. Aconteceu uma transmissão na cerimônia inaugural no dia 5 de julho, realizada do Museu de Arte de São Paulo, com a presença do Presidente Dutra e do milionário americano, Nelson Rockfeller. No final, o cantor mexicano José Mojica, que interpretou o seu sucesso 'Besame".

A festa aconteceu num salão alugado do Jockey Club Paulista.

200 aparelhos de TV foram importados ás pressas. 22 receptores foram instalados em vitrines de lojas. 4 em bares e no saguão dos Diários Associados.

Ás 19:00 em ponto, com três câmeras ligadas, Walter Forster declarou: "Está no ar a PRF-3-tv Tupi de São Paulo, a primeira estação de televisão da América Latina. Se apresentaram a rumbeira cubana Rayto de Sol, Lolita Rodrigues e Vilma Bentivegna.

Já lá vão 70 anos.

Viver é Perigoso  

   

Nenhum comentário: