sexta-feira, 7 de agosto de 2020

TUCANO AO VINHO


A Odebrecht presenteava o hoje senador e então governador de São Paulo José Serra com caixas de vinhos sofisticados durante cinco anos. Os mimos eram oferecidos no aniversário do senador e no Natal. As informações constam das delações premiadas que ajudaram a embasar a recente denúncia contra o tucano apresentada pelo Ministério Público Federal. Os delatores são os ex-executivos da empreiteira Carlos Armando Guedes Paschoal e Benedicto Barbosa.

Aniversário de 2007
6 garrafas Alma Viva Primeira safra 1997 Valor unitário: total: R$ 2.380 
6 garrafas Sena 2001 Valor da unidade: R$ 1.680 

Natal de 2007
12 garrafas Chadwick
Valor médio unidade: R$ 1.613

Aniversário de 2008
12 garrafas Don Melchor 2003
Valor unidade: R$ 720

Aniversário de 2009
6 garrafas Léoville Las Cases
Valor unidade: R$ 1.600 

Natal de 2009
6 garrafas Romanée Conti Grands Echezeaux
Valor unidade: R$ 21,5 mil 

Aniversário de 2010
6 garrafas Carmin de Peumo
Valor unidade: R$ 954

Natal de 2010
6 garrafas Chateau La Mission
Valor unidade: R$ 5,8 mil

Natal de 2011
6 garrafas Rousseau Clos-de-Beze
Valor unidade: R$ 3,5 mil

Viver é Perigoso

Um comentário:

Anônimo disse...

Ah, melhor q 51, vinho faz bem pra saúde, genérico não, é barato. Coisa pro povão, generico vê.