quarta-feira, 12 de agosto de 2020

ATENÇÃO MOÇADA - RISCO OU OPORTUNIDADE ?


De olho para aumentar a arrecadação para enfrentar os efeitos da cris em 2021, o governo de São Paulo vai encaminhar à Assembleia Legislativa projeto que faz corte linear de 20% em todos os benefícios fiscais concedidos com o ICMS, a principal fonte de receita do Estado. A tesourada das renúncias fiscais deve garantir um aumento de arrecadação de R$ 8 bilhões.

Por ano, o Estado deixa de arrecadar R$ 40 bilhões de ICMS com os incentivos concedidos a empresas e setores específicos.

Blog: Inevitavelmente o mesmo deve acontecer com Minas Gerais. Possibilidade de acontecer  deslocamentos de investimentos/produção de um Estado para outro. Situação que irá exigir muita atenção, luta e criatividade.  
Aumentar a arredação e claro, reduzir custos, será questão de sobrevivência.

Viver é Perigoso

4 comentários:

Anônimo disse...

Atenção, luta e criatividade artigos raros aqui desse lado da Mantiqueira.
Não é, nunca foi a prioridade dos donos do poder municipal atrair empresas.
O chefe declarou em entrevista a Futura em alto e bom som "Só para pôr um ponto, porque é importante lembrar isso, a prefeitura não é geradora de emprego, prefeitura é para cuidar da cidade"
Perdemos 4.455 vagas em quase 8 anos dessa turma!
E vai aumentar!
28.000 votos também jogados fora!

Anônimo disse...

Grande Bixacot, Conti, etc, é a vida, empregos, ah, empresas, ah, problema do governo estadual, etc e tal, chamen o gezusald,o da simmens, o super secretaruo, para o povo? Ah, eita

Anônimo disse...

Devemos agradecer sempre nossos queridos Adilson Primo, Conti, André, Bissacot,Mauad, Israel,e outros, homens obstinados pelo desenvolvimento da terrinha, q tanto contribuem para a geração de empregos, renda, e colocam Itajubá tecnopolis no cenario mundial, parabéns guerreiros do progresso, obrigado por engrandecer o nome de Itajubá nos rincões do mundo! Viva! 😷

Anônimo disse...

Eita!😷🤔🤫