sexta-feira, 10 de julho de 2020

TOMOU O BARCO


Conheci e passei a admirar o Alfredo Syrkis em 1980 (já lá vão 40 anos) quando li o seu livro "Os Carbonários", sobre o período ditatorial no Brasil e seu envolvimento direto na luta armada. Muito bom de ler e ficou na memória (ainda tenho o exemplar).

Syrkis, tomou o barco hoje em Nova Iguaçu, num terrível acidente de carro. Estaria prestes a completar 70 anos de idade.

Vereador no Rio de Janeiro, cidade onde nasceu, por quatro mandatos e deputado federal no período (2011/2015). Foi um dos fundadores do Partido Verde.

Esteve no por quase nove anos. Passou pelo Chile, Argentina, França e Portugal. Escreveu outros oito livros. Além de escritor e político, foi jornalista e roteirista de TV e cinema.

Sirkis, posteriormente, se envolveu de corpo e alma nas questões ambientais e era respeitado por isso.

Leia "Os Carbonários". Vale a pena.

Viver é Perigoso

Nenhum comentário: