quarta-feira, 1 de julho de 2020

O LADO TRISTE DA QUARENTENA


Tempo não falta. Hora de buscar amigos sumidos no tempo. A internet ajuda.

Conheci em Manaus no final dos anos 70, o americano Jack William Brittain. Era diretor da Dismac, fabricante de calculadoras.

Tranquilo e com grande experiência de vida. Gostava de ouvi-lo falar sobre a Guerra da Coreia, quando ele serviu na marinha americana, mais precisamente, a bordo do couraçado USS Iowa.

Pois é...Jack tomou o barco na Califórnia em 2009, já com 77 anos. 

Jack era natural de Colorado Springs, mas se mudou com sua família para San Jose, Califórnia, no início dos anos 60, onde trabalhou como engenheiro de produção e gerente de produção em várias empresas do Vale do Silício. 

No final dos anos 70, ele se transferiu para o Brasil como diretor da National Semiconductor 's unidade de produção em Belo Horizonte. Mudou-se para Manaus, onde atuou como diretor da empresa de eletrônica até se aposentar.

Durante seu tempo no Brasil, conheceu e se casou com Ana Maria De Paiva. Após sua aposentadoria, Jack e Ana moraram em Uberlândia. 

Viver é Perigoso

2 comentários:

Anônimo disse...

E agora ???
O caixão não foi usado,
as covas foram cavadas!!!
O dinheiro evaporou!!!
As 18.000 pessoas não morreram!!!
A quarentena não serviu!!!
A cidade faliu!!!
E agora ???
O comerciante foi preso !!!
O bandido foi solto!!
A cloroquina funciona!!!
E agora???
Testar não adianta!!! Assintomáticos não transmitem!!!
E agora ???
Abrir o comércio???
Mas alguns nem existem mais!!!
E agora ???
Ficar em casa, Já não resolve, Sair para que??? O trabalho sumiu!!!
O emprego caiu!!!
E agora ??
Pergunta o Indio... Mas o índio foi parceiro!!!
E agora???
No início da Pandemia aqui no Brasil, o cara (Jair Messias Bolsonaro) quis fazer uso da Hidroxicloroquina e defendeu o isolamento vertical; a resistência foi contra! O resultado: hoje a Hidroxicloroquina é uma realidade e o isolamento ao qual fomos submetidos com a finalidade de construir leitos de hospitais, não cumpriu seu papel.
O STF, com seus 11 Presidentes da República, tirou do cara a prerrogativa de gerir a crise da Covid19, deixando a cargo de Governadores e Prefeitos a gestão! O que nós vimos? Roubos, superfaturamentos, Lockdown pra quebrar a economia, meia dúzia de máscaras e álcool em gel pra calar a boca da massa de manobra.
A OMS negligenciou informações cruciais, a Ditadura Chinesa matou médicos e jornalistas que divulgavam coisas sobre o vírus; Governadores e Prefeitos ignoraram o vírus pra pular Carnaval, mas o “genocida” é o cara que, em reunião fechada, defende a sua nação com unhas e dentes!
A última agora, é a troca do horário de atualização do número de mortos e infectados pela Covid19, porque os curados nunca interessaram! Agora, não permitir que a Globo anuncie em rede Nacional, comemorando como se fosse um recorde olímpico, Mas não informar que os hospitais de campanhas fecharam por NÃO tem pacientes suficiente pra funcionar....só escondem informação????
Vocês sabiam que existe outro meio de se informar, que não seja pela Globo, que aliás, só desinforma?
Assistam aos jornais da imprensa livre; vocês vão ficar chocados com a quantidade de informação que estão sendo ocultadas!
Você não precisa gostar do cara, mas não precisa torcer pro vírus só porque você perdeu a eleição! O Brasil não é uma partida de futebol, onde quem perde fica puto, pega a bola e acaba com o jogo! O Brasil é nosso, de quem ama suas cores e honra sua bandeira! O Brasil não é de quem, em nome de uma ideologia, queima seu maior símbolo!
Odeie o cara, é um direito seu, mas não deixe esse ódio te fazer torcer pro seu país quebrar; lembre-se que com a sua ignorância, você não entra mais nos Estados Unidos e vai ter que, finalmente, amargar férias da sua Disney imaginária, na Venezuela!
Chega de cegueira! Chega de burrice! Chega de dissonância cognitiva! Chega de cagação de regra de quem votava, vota e defende bandido!
Chega!! Chegou a hora dos brasileiros de bem tomarem conta do futuro do país!

Brasil!

🤔🇧🇷

Edson Riera disse...

Brasil,

De modo geral creio que nós dois estamos assistindo filmes diferentes.

Cloroquina é uma realidade há séculos. Claro, no tratamento da malária.

Calma e atente para as informações técnicas, científicas e deixe em segundo plano o viés político. Nesse campo estamos lascados e sem saída a curto e médio prazo.

Estamos ligando no modo "sobrevivência" e vamos que vamos.

Zelador