sexta-feira, 3 de julho de 2020

NADA COMO UM DIA APÓS O OUTRO


Creio que ninguém poderá negar que a Lava- Jato mudou o País. Trabalho que ficará marcado na história, como a última fronteira do império da impunidade.

O Grupo de Investigação se tornou muito forte e passou a incomodar. Incomoda demais os lulistas e até mesmo alguns petistas. Acreditam ou fingem acreditar na inocência do condenado por duas vezes. 
Incomoda políticos que hoje passaram a fazer parte do governo Bolsonaro, graças ao acordo com o Centrão. 
Incomoda, desde sempre, famosos advogados, pela imposição de sucessivas derrotas e parte dos membros dos tribunais superiores, sem dúvida, pela inveja.

Claro, que um exagero aqui e outro ali foram praticados pelos moços de Curitiba. Não influenciaram decisivamente em nada. Podem ser justificados e foram necessários.

Hoje, a Lava Jato sofre tremenda pressão exercida pela PGR, sob olhares simpáticos do governo federal, pasmem-se, recebendo apoio e aplausos do PT, sorrisos do Centrão e na certa, dos Senhores Lewandowski, Gilmar, Tóffoli e Mello.

Impressionante: Todo esse grupo está trabalhando pela derrota da prisão em segunda instância.

O Brasil entregando a rapadura.

Viver é Perigoso   

Nenhum comentário: