sexta-feira, 17 de julho de 2020

LARGA A MÃO


Continua sendo uma expressão fortíssima e definitiva usada nos "antigamente" na Boa Vista, é claro.

Não se trata de xingamento, ofensa ou algo parecido.

Trata-se do temido "larga a mão ".

Muito próximo e repetitivo no uso da cachaça. Apegado ao extremo em carteado valendo dinheiro, mulherengo, instável, não cumpridor de compromissos, religioso de "meia tigela" e por aí afora.

Quando repeitado senhor morador, se consultado sobre alguém, após analisar toda a situação, com a sabedoria e experiência de sempre, cofiando a barba grisalha,  dizia:

- Larga a mão.

Sai de baixo. Significava um afastamento educado.

Hoje, numa conversa rápida no Supermercado, um velho guerreiro opinou sobre o Presidente;

- Larga Mão.

Viver é Perigoso    
   

Um comentário:

Anônimo disse...

*Old Black Block*

*Pai falando:*
-Filho, eu descobri essas coisas no seu armário...

*Filho responde:*
-Qual é o problema de ter uma máscara do *grupo Antifas* e um taco de baseball?

*PAI*
-Você usa isso?

*FILHO*
-Não... quer dizer, às vezes.

*PAI*
-É que estou precisando, será que você me empresta?

*FILHO*
-Precisando...? Pra quê?

*PAI*
-É que eu li as coisas que você andou escrevendo na internet...

*FILHO*
-Você andou lendo meu Face?

*PAI*
-Qual é o problema, não é publico?!

*FILHO*
-É, mas...

*PAI*
-Pois é, eu li o que você escreveu, e...

*FILHO*
-Pai, eu sei que você não gostou do que eu escrevi lá, mas eu não vou discutir, são as minhas idéias... Eu tenho 27 anos! Sou anarquista, e...

*PAI*
-Não filho! Eu achei legal! Você me convenceu!

*FILHO*
-Convenceu?? Do quê?!

*PAI*
-Tá tudo errado mesmo! Você faz bem em nunca ter trabalhado. Eu li o que você escreveu e concordo. Agora eu sou anarquista também, que nem você!

*FILHO*
-Você o quê??? Pai, que história é essa?! Você está maluco?!?

*PAI*
-É, você fez a minha cabeça! Tem que quebrar tudo mesmo! Agora eu sou “Old Black Block”!!

*FILHO*
-Pai, você não pode! Você é diretor de uma empresa enorme! E...

*PAI*
-Não sou mais não, larguei meu emprego, xinguei todo mundo lá, xinguei meu chefe...

*FILHO*
-Pai, você não pode largar o seu emprego, você está lá há 30 anos! Isso é um absurdo!

*PAI*
-Posso sim, aliás já tô juntando uma galera pra ir lá e quebrar tudo!

*FILHO*
-Quebrar tudo onde???

*PAI*
-Na empresa onde eu trabalhava, vamos quebrar TUDO! Abaixo a opressão! Abaixo o capitalismo! Abaixo tudo! Sou contra TUDO agora!

*FILHO*
-Você não pode fazer isso Pai!

*PAI*
-Posso sim! É só você me emprestar a máscara e o taco de baseball. Você vem comigo?

*FILHO*
-Não, acho melhor não...

*PAI*
- É melhor você vir junto, porque agora que eu larguei tudo, a gente vai ter que sair deste apartamento.

*FILHO*
-Sair daqui? E a gente vai morar onde?

*PAI*
-Sei lá! Vamos acampar em frente a uma empresa capitalista qualquer e exigir o fim do Capitalismo!

*FILHO*
-Pai, você não pode fazer isso, não pode abandonar tudo!

*PAI*
-Tô indo, fui!

*FILHO*
-Peraí Pai! Paaai... E minha mesada, e meu carro? Onde eu vou morar? E as minhas férias em Floripa? Minhas compras em Miami? E meu computador, meu tablet? E minha internet de fibra ótica? Volta aqui... Volta aqui, Pai! Voooooltaaaaaaa!!!

Resumo:
*Como dizia Margaret Thatcher* : “O socialismo é muito bom, mas só enquanto durar o dinheiro... dos outros.”

*Autor Anônimo*

Compartilhemos! É necessário mostrar que os jovens de hoje abusam da condição de “rebeldes” e só se lembram que o movimento que eles defendem é errado, quando suas mordomias são atingidas!

Li gostei estou compartilhando
😉👉📱📲