terça-feira, 30 de junho de 2020

CANTINHO DA SALA

Tarsila do Amaral - A Caipirinha - 1923
A obra "A Caipirinha", de Tarsila do Amaral (1886-1973), confiscada do empresário Salim Schahin, envolvido no escândalo da Lava Jato, será colocada à venda nas próximas semanas. O perito Cezar Roberto Olandim avaliou o quadro em R$ 42,5 milhões.

Desde 2015, Salim é alvo de um processo de cobrança por parte de 12 bancos, entre os quais o Itaú e o Bradesco, que exigem o pagamento de uma dívida avaliada hoje em cerca de R$ 2,3 bilhões. 

A tela é considerada como um dos ícones do movimento modernista. Foi feita por Tarsila em 1923, um ano após a Semana de Arte Moderna, quando Tarsila passava uma temporada em Paris com seu namorado, o escritor Oswald de Andrade.

Viver é Perigoso

Nenhum comentário: