segunda-feira, 8 de junho de 2020

BRAZIL, ZIL, ZIL...

Viver é Perigoso

Um comentário:

Anônimo disse...

"Logo chegaremos a um milhão de infectados. Eles sofrerão a falta de leitos, de respiradores e de médicos nos hospitais e perceberão como, desde o começo, Bolsonaro trabalhou para matá-los. Muitos desses foram eleitores dele. Mas, de novo, para Bolsonaro, e daí? Eles já votaram em 2018 e o elegeram. E Bolsonaro espera não precisar mais dos seus votos. Nem dos de mais ninguém." Ruy Castro