domingo, 10 de maio de 2020

ONDE ERREI ?


Tenho pensado muito no assunto. Olho no espelho. Detenho-me nas reflexões. Onde foi que errei de forma tão escandalosa. 

Ainda não consegui identificar. Nunca me senti ameaçador.

De repente, como disse o poeta, não mais que de repente, meus filhos e netos telefonam me pedindo e até implorando para ter calma. 

Amigos da Rede Social, recomendam paciência. 

Vizinhos, de máscaras e de passagem, me alertam, de longe, que tudo irá passar.

Sempre me achei uma pessoa razoavelmente controlada. Não me lembro de ter tido uma discussão em tom elevado. Aprendi a ouvir petistas e bolsonaristas.

Por que tanta preocupação com o meu jeito de ser ?

Onde me extrapolei ?

Viver é Perigoso 

5 comentários:

Anônimo disse...

MAY WAY !

Meu Jeito
E agora, o fim está próximo
E então eu encaro o último ato
Meu amigo, vou falar claro
Vou expor meu caso, do qual estou certo
Tenho vivido uma vida completa
Eu viajei por toda e qualquer estrada
E mais, muito mais que isso
Eu fiz isso do meu jeito
Arrependimentos, tenho alguns
Mas então novamente, muito poucos a citar
Eu fiz o que eu tive que fazer
E vi por completo sem exceção
Planejei cada curso traçado
Cada passo cuidadoso ao longo do atalho
E mais, muito mais que isso
Eu fiz isto do meu jeito
Sim, houve momentos, tenho certeza que você sabia
Quando mordi mais do que podia mastigar
Mas por tudo isso, quando havia dúvida
Eu devorei e cuspi
Enfrentei tudo isso e continuei de pé
E fiz isso do meu jeito
Eu já amei, ri e chorei
Tive minhas conquistas, minha parte nas perdas
E agora, enquanto as lágrimas cessaram
Eu acho tudo isso tão divertido
E pensar que fiz tudo aquilo
E posso dizer, não de uma maneira tímida
Ah não, ah não, não eu
Eu fiz isso do meu jeito
Pois o que é um homem, o que ele tem?
Se não é ele mesmo, então não tem nada
Para dizer as coisas que ele sente de verdade
E não as palavras de alguém que se ajoelha
As lembranças mostram, eu levei os golpes
E fiz isso do meu jeito
Sim, foi do meu jeito. É isso ai camarada, vamos em frente...😷🙏

Anônimo disse...

E vamos , TOCANDO EM FRENTE...... Ando devagar
Porque já tive pressa
E levo esse sorriso
Porque já chorei demais
Hoje me sinto mais forte
Mais feliz, quem sabe
Só levo a certeza
De que muito pouco sei
Ou nada sei
Conhecer as manhas
E as manhãs
O sabor das massas
E das maçãs
É preciso amor
Pra poder pulsar
É preciso paz pra poder sorrir
É preciso a chuva para florir
Penso que cumprir a vida
Seja simplesmente
Compreender a marcha
E ir tocando tocando em frente
Como um velho boiadeiro
Levando a boiada
Eu vou tocando os dias
Pela longa estrada, eu vou
Estrada eu sou
Conhecer as manhas
E as manhãs
O sabor das massas
E das maçãs
É preciso amor
Pra poder pulsar
É preciso paz pra poder sorrir
É preciso a chuva para florir
Todo mundo ama um dia
Todo mundo chora
Um dia a gente chega
E no outro vai embora
Cada um de nós compõe a sua história
Cada ser em si
Carrega o dom de ser capaz
E ser feliz

Anônimo disse...

"O fim nao combina com a gente"🤔

Anônimo disse...

"A paciência é a única solução para os males que não têm solução."Joseph Joubert
observador de cena

Anônimo disse...

O tempo implacável não se preocupa com o nosso tempo interno.
Nosso tempo interno só diz respeito as nossas percepções e as nossas experiências.

Chega o tempo em que já não temos mais tempo de ser o que fomos em tempos passados.
Passa o tempo e vai embora....

Não recuperamos o tempo passado e nem o tempo perdido.
O que nos resta de tempo será para melhor aproveitar o tempo que nos resta.

Não tenho mais tempo, apenas vejo o tempo passar.
Quero ter tempo para que seja o melhor tempo que já tive.

Acabou o tempo.
Faz tempo que uso o tempo.
Não da melhor maneira, as vezes só para perder tempo...

Agora que o tempo acaba penso: o que fiz de meus melhores tempos ?

Já não tenho mais tempo ....