quinta-feira, 14 de maio de 2020

O PROFESSOR


Questionado hoje (14) sobre a diferença entre o número de mortes causadas pelo coronavírus no Brasil e na Argentina, Bolsonaro sugeriu que a comparação entre os dois países deve ser feita de maneira proporcional às suas populações, e não por números absolutos. "É só você fazer a conta por milhão de habitantes",

Até a manhã desta quinta, o Brasil registra 13.240 óbitos por Covid-19, enquanto o país vizinho confirmou 329 mortes, de acordo com dados compilados pela universidade americana Johns Hopkins.

A taxa de mortes por milhão de habitantes na Argentina é de 7,4. No Brasil, o número é quase nove vezes maior: são 63,2 mortes a cada um milhão de habitantes.

Viver é Perigoso

Um comentário:

Anônimo disse...

Ele se supera a cada dia. a cada vez que abre a boca. Não faz muito tempo disse que os estudantes das escolas públicas não sabiam a formula da água nem REGRA DE 3.Quem é que não sabe? hein? hein?