quarta-feira, 15 de abril de 2020

TOMOU O BARCO


Chegou em Juiz de Fora em 1925. Menino ainda foi para o Rio de Janeiro. Advogado pela Universidade Federal do Rio de Janeiro. Comissário da Polícia. Especializou-se em psicologia. Estudou administração na New York University. Trabalhou na Light.

Escritor e poeta que apoiou a Revolução (ou golpe) de 1964. Em 1976, seu livro "Feliz Ano Novo" foi proibido de circular pela ditadura.

Sempre adorou o anonimato.

Para os que o admiram, um "Mandrake".

Rubem Fonseca, foi embora hoje aos 94.

Viver é Perigoso 

Um comentário:

Anônimo disse...

"TODO MUNDO QUER DINHEIRO, O MUNDO TODO ESTA CORROMPIDO".
Rubem Fonseca