sexta-feira, 3 de abril de 2020

SOB A LUZ DE VELAS


"Apenas se lembre que as coisas que você põe na cabeça ficam lá para sempre. Você se esquece de algumas coisas. Você se esquece do que quer se lembrar e lembra-se do que quer esquecer."

Cormac Mc Carthy

Viver é Perigoso

2 comentários:

Anônimo disse...

AS COISAS QUE A COVID19 NOS FEZ ENXERGAR"☺

1. Os Estados Unidos não é mais o líder mundial.
2. A China venceu a Terceira Guerra Mundial sem disparar um míssil e ninguém percebeu.
3. A pessoa se volta para Deus somente no momento de sua necessidade.
4. A prevenção salva mais vidas do que agir no último momento.
5. Os profissionais de saúde valem mais de um jogador de futebol.
6. As crianças ocupam um lugar privilegiado na natureza.
7. O petróleo não vale nada em uma sociedade sem consumo.
8. A morte não distingue raça, cor ou status social.
9. O ser humano pode ser oportunista e desprezível.
10. A mídia social nos aproxima, mas é também o meio de criar pânico.
11. Agora sabemos como os animais se sentem nos jardins zoológicos.
12. As crianças de hoje não sabem mais brincar sem internet ou TV.
13. Alguns ganham milhões e não servem à humanidade.
14. Os profissionais de saúde estão sozinhos, abandonados e esquecidos. No entanto, eles nunca desistem.
15. As crianças agora, estão sendo educadas pelos seus próprios pais.
16. Começamos a apreciar o grande gesto de confiança que significa apertar as mãos.
17. Os seres humanos são os verdadeiros vírus do planeta.
18. O planeta se regenera rapidamente sem humanos.
19. Não estamos prontos para uma pandemia.
20. Os políticos sempre aproveitam qualquer oportunidade para puxar o tapete do rival.
21. Precisamos investir mais em saúde, em vez de investir em bancos falidos.
22 Os caminhoneiros são essenciais e verdadeiros heróis 💪
(Copiado, colado e traduzido de post das redes sociais da Itália)

Anônimo disse...

INTERESSANTE PRA SE PENSAR:EM TODO OS PAISES A PRIORIDADE É VENCER O VIRUS, AQUI É DERRUBAR GOVERNADOR E PRINCIPALMENTE O PRESIDENTE! SOMOS OU NÃO SOMOS "pequenos" pobre povo!